Archive for the 'Orçamento' Category



09
Jan
13

FIM e FMI são sinónimos do mesmo

christine lagarde passos coelho paraiso do fmi

Hoje foi dado a conhecer um relatório encomendado pelo governo ao FMI que pretende cortar 4 mil milhões na despesa do Estado. Coisas como corte nas pensões, no subsidio de desemprego, nos salários na ordem dos 20%, despedimento de dezenas de milhares de funcionários públicos, aumento da idade da reforma, dos horários de trabalho, das taxas moderadoras na saúde e nas propinas escolares são as soluções apontadas. (Relatório completo aqui). Claro que muitas das sugestões são inconstitucionais, mas o governo já veio dizer que não descarta nenhuma e o velho Ministro das Finanças dos Sócretinos veio defender que se tem de mudar a Constituição para não atrapalhar a governação.
Chamar filhos da puta a esta gente do FMI e quem lhes presta vassalagem é pouco. São assassinos dispostos a fazer um genocídio dos que menos têm para encher a mula a meia dúzia de gulosos que  trabalham para os mercados e grandes corporações. Não sei o que pensarão os portugueses daquilo que está a acontecer, ou melhor saber sei, o que não sei é até quando e o que estão dispostos a fazer para mudar a situação. Soluções há, das mais violentas ás mais pacificas, mas para que se concretizem há que estar disposto a fazer e a participar. Ir a uma manifestação pode ser um começo, mas está muito longe de ser o fim. Eu e muitos outros temos estado presentes e activos à espera dessa hora, agora só falta que se juntem os milhões que também desejam a mudança.

Anúncios
01
Jan
13

Uma inutilidade inconveniente

cavaco silva abre os olhos

Fins-do-Mundo, Natais e Passagens de Ano tudo seguido quase nos fazem esquecer uma calamidade muito pior que temos mesmo aqui ao lado a viver num palácio em Belém.  Um tal de Silva que, vá-se lá saber porquê alguns resolveram eleger para um segundo (já não se entendia o primeiro), mandato como Presidente da Republica. Não que seja um cargo muito trabalhoso, com grandes necessidade de intelecto ou sequer muito importante numa verdadeira democracia, basta um pouco de bom senso, respeito pela constituição e pelos portugueses e um bocadinho de honestidade,  dignidade e coragem. E não é que foram escolher logo um que consegue não ter nenhuma dessas qualidades. O que resta é um inútil que com a sua inutilidade acaba a sancionar o assalto que está a ser feito ao país e aos portugueses. A promulgação do Orçamento, num fim-de-semana feita à última hora, renegando uma vez mais o seu juramento de fazer cumprir a constituição é só mais uma prova disso. Já a noticia de que agora deverá pedir a fiscalização sucessiva ao Tribunal Constitucional, depois de não ter pedido a fiscalização preventiva e ter promulgado o Orçamento, só mostra a sua hipocrisia, falta de carácter, cobardia e desinteligência.
Hoje há noite deverá fazer o seu discurso de Ano Novo, onde vai falar de sacrifícios, da coragem dos portugueses, da sua determinação e sei lá que mais, justificando-se nos superiores interesses nacionais para terminar com os desejos de um Bom Ano para os portugueses. Não há pachorra para aturar tanta hipocrisia pelo que não o vou ouvir. Para o raio que o parta.
Este blog começou e a sua primeira causa foi tentar evitar a eleição do Cavaco de Boliqueime para o primeiro mandado e muito provavelmente não acabará antes de ver o Palácio de Belém desinfectado após a saída do agora Cavaco da Coelha. Uma inutilidade inconveniente.

18
Dez
12

Um Reizinho que é uma vergonha de Presidente

cavaco silva rei pensador no trono

 

Cavaco Silva afirmou, em relação ao Orçamento de Estado, que não se deixava pressionar e que ainda nem ele sabia o que ia fazer pois ainda não tomou a decisão. Isso só prova a sua total incapacidade para estar no cargo que ocupa, pois se a um dia da data do fim do prazo para enviar para o Tribunal Constitucional ainda não sabe o que vai fazer, (num assunto tão importante e que está directamente relacionado com a sua maior responsabilidade, a de fazer cumprir a Constituição da Republica). Que o Orçamento contém inconstitucionalidades parece que ninguém tem dúvidas e por isso as dúvidas do Sr. Silva são politicas. Se vai passar por mais uma vergonha de deixar passar o Orçamento e ver o tribunal a mostrar, de novo, que não cumpriu com as suas obrigações, ou se não o promulga entrando em choque com o governo. Certo é que este Orçamento é uma desgraça para Portugal e para os portugueses e isso o Sr.Silva sabe perfeitamente o que o devia obrigar ao seu chumbo politico, mas na sua cobardia habitual o mais certo e promulgar e só depois enviar para o Tribunal Constitucional. Uma vergonha feita por um Presidente que é uma vergonha ainda maior.

02
Dez
12

O veto orçamental

cavaco silva passos coelho salvar pisando o povinho

 Se este animal nunca vetou nenhum orçamento de estado, se a sua justificação para não o fazer no ano passado quando tinha afirmado que havia inconstitucionalidades no orçamento foi a de nunca nenhum Presidente o ter feito, porque raio ainda há gente com esperança de que o faça agora? Ficar à espera que seja o sistema a modificar as coisas é acreditar no Pai Natal. Nada vai mudar se nós não fizermos alguma coisa. Justiça, poder politico e mercados trabalham em conjunto. Temos de nos unir para o derrubar e este temos somos nós cidadãos deste país pois mesmo os que contestam estas politicas acabam por viver dentro do próprio sistema. É o sistema que é necessário mudar, é uma nova democracia mais directa e participativa que o pode fazer.

29
Nov
12

E agora. Que vamos fazer?

 

27
Nov
12

Foi dia de vergonha na A.R.

 

Molhado, com frio, um pouco desiludido com tudo isto e sem grande vontade para fazer muita coisa. Há dias em que nos pomos a pensar se realmente vale a pena o esforço. Claro que sei que vale, mais que não seja em nome dos meus filhos, mas há momentos em que nos apetece aparvalhar, como tantos outros que comodamente se sentam no sofá. Como disse nem para escrever estou com muita disposição, (já se começa a tornar um hábito), pelo que deixo o boneco que fiz para ilustrar a aprovação do orçamento. Trabalhar e pagar cada vez mais impostos, que em vez de serem utilizados onde deviam, na saúde, na educação, na segurança social, no pagamento das reformas é esbanjado a pagar uma renda aos especuladores em nome de uma dívida criada para nos escravizar. Eu não quero trabalhar para encher a mula dessa canalha nem dos sabujos que por cá lhes prestam vassalagem. Estou a ficar farto, mas mesmo farto e cada vez com mais ganas de fazer um disparate. Só ainda não sei qual.

20
Nov
12

Esta austeridade é uma festa

 

Ontem, depois do trabalho, chegado a casa e enquanto fazia umas limpezas e umas arrumações começou a falar na rádio o Vitor Gaspar sobre a sexta avaliação da Troika. Se eu não soubesse que há gente a passar fome, a viver nas ruas e muitos desesperados sem emprego ou meios de subsistência, se eu não soubesse que as contas públicas estão um caos, que as receitas fiscais baixaram imenso e a economia está a dar o berro ia pensar que estávamos no paraíso, ou pelo menos a caminho dele. O défice vai ser canja, a recessão vai-se extinguir como por magia, o desemprego cair e ainda vamos ter a refundação do Estado com serviços públicos de saúde e educação de grande qualidade. É a grande festa que aí vem. Pelo menos para ele que vai receber da Troika mais uns milhares de milhões. Uma festa em que infelizmente nós vamos ficar à porta ao frio do desemprego e da precariedade, ensopados em impostos neste temporal de austeridade.




Indignados Lisboa
Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Blog Stats

  • 712.608 hits

Anúncios

%d bloggers like this: