Posts Tagged ‘António Borges

30
Mar
13

A Terra prometida…mas só para alguns

antónio Borges Terra prometida

Os serviços de consultoria de António Borges, prestados entre Fevereiro de 2012 e Fevereiro de 2013, custaram à Parpública 300 mil euros, adicionados de IVA e despesas “indispensáveis para a concretização do trabalho e previamente autorizadas”. O contrato que prevê o pagamento de 25 mil euros por mês, contrato esse que foi renovado por mais um ano. O mesmo António Borges que defendeu recentemente que “o ideal era que os salários descessem como aconteceu noutros países como solução imediata para resolver o problema do desemprego”.

Sei que a noticia já tem 3 ou 4 dias mas não podia deixar de a referir aqui.  É que a mesma crise está a destruir a vida de milhões de portugueses está a ser a terra prometida para um grupo de aldrabões e ladrões que dela se aproveitam e com ela engordam. Gente que não mostra o mínimo de consideração pelas pessoas mas que se alimenta dos sacrifícios que impõem aos outros. Autênticos abutres que têm a lata de propor a redução de salários de quem já recebe os mais baixos da Europa mas que para si exige pagamentos milionários. Gente sem préstimo e sem moral. Gente que me enjoa, gente que merecia ser corrida a pontapé deste país só com a roupa que tem no corpo. Ele e o Passos Coelho, o Vitor Gaspar por o contratarem e a múmia de Belém por continuar a olhar para o lado e a permitir tudo isto. Tudo farinha do mesmo saco e tudo de muito má qualidade. Atire-se para o lixo que nem para os porcos serve.

17
Mar
13

António Borgia

antonio boreges borgeas

08
Mar
13

Borges, o Vampiro sabujo

Antonio borges o pior dos vampiros

António Borges defendeu  que “o ideal era que os salários descessem como aconteceu noutros países como solução imediata para resolver o problema do desemprego”. “Temos uma emergência nas mãos e a emergência é uma taxa de desemprego acima dos 17%”.

Este pulha miserável lacaio do grande capital e personagem a quem o pior ofensa não lhe faz justiça por ser muito pior que isso, continua a ganhar muitos milhares de euros para fazer ninguém sabe muito bem o quê neste governo e vem defender que quem já nem dinheiro consegue ter para alimentar a sua família devia ver os seus salários reduzidos. Este saco de estrume com pernas, como o fez o outro saco de merda de Primeiro-ministro, vêm agora justificar esta redução com os números do desemprego como se não tivessem sido eles os principais responsáveis por ele. Primeiro facilitam o despedimento e reduzem as indemnizações para, segundo eles, aumentar a competitividade das empresas e facilitar a criação de emprego. Como seria de esperar isso só criou mais desemprego e agora justificam que o seu combate se faz com redução de salários. Uma das razões que tem feito aumentar o desemprego é o menos poder de compra dos portugueses e com isso um menor consumo interno que por seu lado não atrai investimento em novos negócios, leva à falência de milhares de pequenas empresas e com isso à criação de ainda mais desemprego. Reduzindo mais os salários mais baixos da Europa o que se vai fazer é reduzir ainda mais o poder de compra, menos investimento, mais falências e mais desemprego num ciclo sem fim.
Mas este governo de miseráveis parece não gostar dos portugueses e, não sei se por revanchismo ao 25 de Abril ou simplesmente por não passarem de lacaios dos grandes interesses económicos, despreza-os e retira-lhes toda a dignidade condenando-os à miséria. Esta gente é escumalha, porcaria, nojo. Esta gente tem de ser corrida e é urgente encontrar mecanismos que garantam que nunca mais peçonhentos como estes alguma vez mais poderão chegar ao poder. Temos de criar mecanismos que nos permitam controlá-los, responsabilizá-los e em caso de necessidade correr com eles. Temos de ter tolerância zero para com a corrupção e o compadrio. Temos de ter uma justiça justa, igual para os mais pobres e os mais ricos e célere nas suas decisões. Temos que garantir que o poder e a soberania estão nas mãos dos cidadãos e não de traidores a jugo dos mercados e dos interesses do grande capital internacional. Temos de garantir a existência de uma verdadeira democracia onde gente reles como esta não terá lugar.

24
Fev
13

O homem da Goldman sahs…sucks

antonio borges passos coelho angels heart

António Borges, conselheiro do Governo para as Privatizações, diz que a «crise é mais injusta, mais penosa e mais difícil e leva mesmo a sentimentos de revolta, que todos devemos sentir». Considerou ainda que «não há uma distribuição equitativa» dos sacrifícios e defendeu que esta desigualdade que está na origem do descontentamento em Portugal.

Quem não o conheça que o compre. Ainda me lembro quando surgiu por cá vindo da neblina londrina e muitos o virão como  o novo Don Sebastião que vinha para nos salvar, mas rapidamente ficámos a conhecer o “homem da Goldman Sachs”. Uma besta, um ultra-liberal, um hipócrita, um….que vá pró raio que o parta.

19
Dez
12

A minha árvore de Natal

passos coelho miguel relvas vitor gaspar alvaro santos pereira paulo portas aguiar branco miguel macedo paulo macedo pedro mota soares assuncao cristas paula teixeira da cruz antonio borges natal 2013

Este ano estou sem espírito natalício nenhum, mas, no facebook, já andam tantas árvores com bolinhas, presentes, renas, e senhores gordos vestidos de vermelho que me senti na obrigação de também eu aqui assinalar o momento antes que me esqueça. Fica já a minha árvore já que cá por casa não me parece que vá haver outra. É o que se pode arranjar num Natal onde vai haver tanta pobreza em tantas casas embora em alguns sapatinhos se vão poder encontrar belos presentes como a TAP, a ANA ou a RTP.

06
Dez
12

Olha que belo ajustamento

antonio borges capitao gancho

António Borges diz que ajustamento da economia está feito.

Que sorte a nossa, já resolveram os problemas da nossa economia. Custa-me a entender que esse reajustamento seja uma coisa assim tão boa já que está a custar milhares de empregos por dia, falências de empresas, crédito mal parado, recessão e um depressão no país que não vai haver Prozac  que lhe baste. Se ajustar a economia é destruir os serviços públicos, a saúde , a educação, fomentar a fuga dos nossos mais qualificados quadros para o estrangeiro e distribuir fome e miséria por todo o lado então vai ser difícil de explicar as vantagens deste ajustamento. Pelo menos para os que sofrem, que para os que estão a encher os bolsos à sua custa e para os que estão a comprar tudo o que valha mais de um euro a preço  de saldo da loja do chinês.

02
Out
12

The Goldman Sucks

01
Out
12

The Goldman do Diabo que o carregue

 “Que a medida é extremamente inteligente, acho que é. Que os empresários que se apresentaram contra a medida são completamente ignorantes, não passariam do primeiro ano do meu curso na faculdade, isso não tenham dúvidas”, afirmou António Borges o consultor do Executivo para as privatizações, falando sobre a TSU,  insistindo no que considera ser a virtude de uma opção que suscitou uma contestação transversal a patrões e sindicatos.

Esta cavalgadura que só não é Ministro porque assim pode ganhar mais como consultor do Governo e empregado do Merceeiro do Pingo, que anda a desbaratar as empresas públicas oferecendo-as aos seus amigos a preço de saldo vem chamar burros a todos perante o brilho da sua inteligência. Um neo-liberal aparvalhado que se considera um génio mas que tem sido corrido de todo o lado em que trabalhou como recentemente aconteceu com o FMI. Se mais razões não houvesse para correr com este governo. só o ter contratado uma alimária como esta e paga com o dinheiro dos nossos impostos, era suficiente.

28
Ago
12

Para ver na RTP

 

25
Ago
12

Um filme feito para televisão

O Governo terá decidido concessionar todo o serviço público de televisão, por um período de 15 a 25 anos, entregando o primeiro canal da RTP a um privado e fechando o segundo canal.António Borges, que coordena a responsável pelo processo de privatizações, classificou ainda esta hipótese de «muito atraente sob vários pontos de vista, porque significa que não se vende a RTP e mantém na propriedade do Estado, mas entrega-se a um operador privado que tem provavelmente melhores condições para gerir a empresa como normalmente acontece».

No dia em que se noticiou que a execução orçamental está a derrapar havia necessidade de fazer algum ruído e foi escolhido este personagem, que todos afirmavam ser uma sumidade mas que acabou corrido de todos os cargos internacionais que ocupou, para o fazer. É o fim da televisão pública mas em mais uma “parceria público privada”, em que quem ficar com o canal 1 arrecada, no mínimo, a taxa que todos pagamos na conta da electricidade e quem sabe que mais compensações. O canal 2, aquele que realmente tem alguma qualidade e faz algum serviço público extingue-se. Resumindo, vou continuar a  pagar um canal de televisão só que em vez de pagar um público passo a pagar um privado.

04
Jun
12

Mr. Goldman Sach

Durante oito anos (2000-2008) António Borges foi um dos dirigentes do Goldman Sachs International, filial europeia do banco americano. Sei que ele esteve no Goldman Sachs mas não sei o que é que ele fez ou em que secção trabalhou. Tal como os outros: Draghi ou Monti”, explicou. De vez em quando perguntamos o que diabo andou a fazer no Goldman Sachs ? mas eles não respondem. Tal como os outros, o senhor Borges é um mistério para mim”, disse Roche, autor do livro sobre a influência do Goldman Sachs na Europa.

O economista e ex-dirigente do PSD António Borges, conselheiro do Governo para as parcerias público-privadas, que defendeu que diminuir os salários não é uma política mas “uma urgência”, ganhou, em 2011, 225 mil euros livres de impostos como director do FMI para a Europa.

“FMI disse-me que se livrou de António Borges porque não estava à altura do trabalho”, disse Marc Roche, correspondente do jornal ‘Le Monde’.

Podia dizer alguma coisa sobre aquilo que penso deste individuo, mas parece-me que este resumo das últimas noticias que saíram sobre ele o definem melhor que qualquer outra coisa que pudesse dizer. Preocupante é sabermos que é ele que está à frente das privatizações das poucos “anéis” que nos restam. Depois só restam mesmo os dedos.

23
Mar
12

Um pingo amargo

Soares dos Santos, administrador da Jerónimo Martins, duvida que Portugal escape à necessidade de um segundo pacote de assistência financeira.

É bom, mais uma ajuda é a possibilidade deste merceeiro “apanhar” alguma dela para colocar na sua conta na Holanda, sobretudo agora que tem como empregado o Ministro privado das privatizações. Na loja deste senhor há muito que não ponho os pés e tudo farei para que assim continue a ser. Nem deste nem dos outros da sua laia.

21
Mar
12

A maravilhosa harmonia da miséria

António Borges  mostrou-se surpreendido afirmando “É impressionante a forma como os salários estão a cair, tal e qual como se houvesse uma desvalorização da moeda. Isto está a passar-se na economia com um extraordinário consenso e harmonia social”. Uma maravilha “inconcebível” na Grécia e “vamos ver se os espanhóis são capazes de fazer o mesmo que nós”.

Esta personagem maravilha-se com a impressionante harmonia  da criação da miséria social. Contratado pelo governo para ser um Ministro da Economia Privado para a condução das privatizações e que por ser privado pode acumular com um cargo nas empresas do segundo homem mais rico de Portugal. Para esta quadrilha que já nem têm vergonha de mostrar a sua canalhice a vida corre bem e o país é um universo de oportunidades. Correr com esta cambada é urgente e necessário.

09
Fev
12

Se a ASAE não fecha este restaurante fechamos nós

Uns comem directamente do tacho enquanto todos os outros até já têm de partilhar os ossos. Cada dia, cada oportunidade de ir ocupar a rua é uma oportunidade de fazer a mudança. Só no dia em que todos os que dizem que não vale a pena, os que dizem hoje não me apetece, hoje estou cansado, hoje tenho de ir às compras, hoje quero ver futebol, todos decidirem não o fazer e sair para a rua poderemos correr com esta escumalha e assumirmos o nosso destino nas nossas mãos. Até lá somos só gado que eles controlas, manipulam e exploram enquanto acumulam riquezas e mordomias. Até lá cada dia em que alguém saia à rua em protesto é um dia a menos para o dia em que todos finalmente ocuparemos a rua. É por isso que já no dia 11 há mais uma boa oportunidade para mostrarmos o nosso protesto. Se forem dez mil pouco mudarão, 100 mil já incomodarão mas se fossem um milhão eles caiam. Cada um de nós conta e é por isso que uma vez mais lá estarei. E tu?

04
Fev
12

Quando acabam os tachos, fazem-se mais

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho decidiu nomear António Borges para liderar uma equipa que acompanhará, junto da troika, os processos de privatizações, as renegociações das PPP, a reestruturação do Sector Empresarial do Estado e a situação da banca.

Como o Álvaro parece que não dá uma para a caixa, o Passos lá lhe vai tirando, tarefa a tarefa as atribuições do super-ministério. Primeiro tiraram-lhe  e deram ao Portas os negócios externos e agora ao Borges os negócios internos.
Importante mesmo é que ninguém fique sem emprego  nesta terra de bustos e embustes, de tachos e panelas, de uns e outros. Será que sou eu que estou farto desta gente e daquilo que andam a fazer? Será que me tenho de calar e conformar?




Indignados Lisboa
Setembro 2020
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Blog Stats

  • 717.073 hits


%d bloggers like this: