Posts Tagged ‘Cavaco Silva



22
Dez
11

A vida fácil do Sr. Silva

O Presidente Cavaco Silva destacou o erro de Portugal ter investido excessivamente na produção de bens não-transacionáveis. Segundo ele, os portugueses beneficiaram do Euro e tiveram “uma vida fácil”.

Tem toda a razão, mas um dos principais responsáveis pela destruição da agricultura, pescas e industria foi ele próprio assim como a aposta nos tais bem não-transacionáveis, para não falar no sistema financeiro submisso aos interesses dos mercados. Foi a era dos amigos, dos novos bancos e dos Dias Loureiros, Oliveiras e Costas e Duartes Limas. E, realmente, para alguns o Euro foi uma mina de ouro, fizeram-se muitas fortunas, e houve quem tenha tido a tal vida fácil. O Sr. Silva só se esquece que nem todos tinham dinheiro e a”conselheiros” para poderem comprar e vender acções do BPN, não puderam comprar uma Casa na Coelha, nem têm amigos com Propriedades em Cabo-Verde e contas em Off-shore. Esquece-se que já então os salários dos portugueses eram dos mais baixos da Europa, havia pensões eram de miséria e a fome e a pobreza de uns já coexistia com a abastança e ostentação de outros. Nem para todos a vida era um Cabaret.

18
Dez
11

Obrigadinho, Oh Silva

Numa mensagem de boas-festas divulgada no site da presidência da República, o Presidente Cavaco Silva ao lado da mulher, desejou aos portugueses um ano de 2012 «tão bom quanto possível».

Se em vez de vir dizer banalidades e desejar uma ano tão bom quanto possível fazia melhor em fazer o possível por não o transformar num ano impossível de ser razoável quanto mais bom. Nem tem de fazer muito, vete as leis inconstitucionais que lhe caírem na secretária e corra com esta escumalha que assumiu o poder à custa da mentira e da aldrabice. Isto sim seria possível, mas sendo ele quem é e como é todos sabemos que é pedir-lhe o impossível. Podia ao menos, se nada vai fazer, deixar de ser hipócrita e calar-se. Já transformava o ano de 2012 um pouco melhor. Quanto é possível, claro.

15
Dez
11

Uma coisa a que chamam Presidente

Vivemos tempos difíceis, governados por gente desprezível e que poucas esperanças nos dá para o futuro. No nosso sistema, o Presidente da Republica é uma figura com poderes limitados mas em que alguns são importantes. É a ele que cabe a tarefa de  garantir o respeito e o cumprimentos da Constituição. Precisávamos de um Presidente inteligente, justo, corajoso, honesto, democrático, livre e com princípios humanos e morais acima de qualquer dúvida. Infelizmente temos o que temos e colocar alguma esperança naquilo que temos é pouco ou nada. Se as instituições, como aconteceu sempre em ditaduras, desrespeitam as suas funções e as leis que as regem, atropelando-as e deixam de ver os cidadãos como seres humanos com direitos e necessidades, o que nos resta é sermos nós a exigirmos esses direitos e reclamar essas necessidades. Somos gente e exigimos o funcionamento da democracia. Ninguém vai fazer isso por ti nem por mim, somos todos nós, juntos, que o temos de fazer.

05
Dez
11

Uma Constituição que até (os) queima

«O empresário Joe Berardo diz que o Presidente da República não tem conseguido manter o compromisso de “defender os portugueses”, nem explicar o seu envolvimento em algumas situações polémicas, pelo que deve “pedir a resignação” do cargo.»

Eu normalmente não concordo com aquilo que este Joe diz, e não é por nem saber falar um português minimamente português, mas sim pelas suas opiniões e oportunismo. Mas, neste caso até tenho de concordar com ele que este Sr. Silva devia resignar. O melhor mesmo era que nunca tivesse sido eleito por todo o mal que já tinha feito a este país e, se não resignar todo o que ainda virá a fazer.
As funções do Presidente no nosso regime é quase de figura institucional, mas algumas funções importantíssimas como a obrigação de velar pelo cumprimento da Constituição. Este governo já deu mostras de não ligar nenhuma à lei fundamental da republica Portuguesa e cabe ao Presidente a obrigação de pôr cobro a isto. terá o Sr. Silva coragem para isso? É que ao que parece a Constituição começa a queimar-lhe as mãos.

PS: Já agora Sr. Silva, se fizer um favor ao seu país e antes de resignar, agradecíamos que demitisse o Passos Coelho e toda aquela cambada de Álvaros, Relvas e Gaspares que o acompanham.

02
Dez
11

A Abóbora do Cavaco

Cavaco Silva Agricultor não teme comparações e afirma, pegando na abóbora de um outro agricultor, que as abóboras dele são muito maiores. Não fala sobre o orçamento porque ainda não conhece o documento na totalidade. Nós, mesmo os que também não conhecem o orçamento na totalidade podemos esperar porque todos sabemos que é um documento que inclui inconstitucionalidades. Esperemos que também aí tenha uma grande “abóbora” e tenha a coragem de enviar tudo para o tribunal constitucional.
Como tenho algumas dúvidas o melhor mesmo é começarmos a pensar em juntar-nos todos para ir a Belém mostrar-lhe a nossa indignação.

19
Nov
11

Expulsão dos vendilhões

Adaptação do quadro “Expulsão dos vendilhões do Templo” de Rembrandt

Ia escrever alguma coisa mas, pensando bem, já está tudo dito no boneco.

16
Nov
11

Fotografia do dia de amanhã

Há dias em que me passeio pela internet em busca de imagens que possam servir para fazer um boneco sobre uma qualquer ideia que me passou pela cabeça e me passa pela frente uma imagem que me mostra uma fotografia do futuro.  A noticia que oiço na televisão só a confirma, quando a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, saudou hoje a decisão da Alemanha de viabilizar, nos próximos dois anos, o Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados (PCAAC). Portugal receberá 20 milhões de euros para ajudar 400 mil pessoas carenciadas.Quantas mais o serão no próximo ano?

31
Out
11

O diabo está nos detalhes

O Presidente da República considerou hoje que as conclusões da última cimeira da zona euro “vão no sentido correto”, mas que há “detalhes técnicos” por esclarecer, e observou que “o diabo às vezes está nos detalhes”.

Ele lá sabe isso dos detalhes e dos diabos, afinal na sua santa honestidade tem andado com alguns ao colo.

30
Out
11

O Rei da Respública do raio que o parta

Para a Cimeira Ibero-Americana, que decorre no Paraguai, Aníbal Cavaco Silva arrasta atrás dele um séquito de 23, no qual se incluem mordomo e médico pessoal. O mesmo Presidente, que se eternizou na célebre frase “Ninguém está imune aos sacrifícios”, já tinha suscitado consternação aquando da visita aos Açores em Setembro, por se ter feito acompanhar de uma comitiva de 30 pessoas, entre as quais estavam o chefe da casa civil e sua esposa, quatro assessores, dois consultores, um médico pessoal, uma enfermeira, dois bagageiros, dois fotógrafos oficiais, um mordomo e 12 agentes de segurança. Já recentemente Cavaco Silva recebeu as credenciais de seis embaixadores tendo cada um sido acompanhado por 60 cavalos e charanga da GNR.

É o que dá ser-se Rei de uma Republica. A Presidência receber por ano mais de 14 milhões de euros, o dobro do orçamento da Casa Real Espanhola, dá para isto e muito mais. Que não faltem  festas, passeios e charangas . Quem perdeu os subsidio de férias, Natal e parte do salário e vê quem afirmava que todos tínhamos de fazer enormes sacrifícios a esbanjar à grande e à francesa, como se deve sentir? Pessoalmente sinto-me indignado mas também muito zangado e Irritado.

28
Out
11

Contágio

Ao optarem por tratar as pessoas como a variável menos importante no orçamento do estado para 2012, exigindo-lhe sacrifícios colossais e cortando os subsídios de férias e natal, o governo abriu a Caixa de Pandora da indignação. Não há agora dia em que um jornal, nos mails, nos blogs e nas redes sociais não surjam as mordomias com que os nossos políticos continuam a viver. Sejam os subsídios de transporte do Ministro que tem casa em Lisboa, as pensões vitalícias, (que duplicam quando fazem 60 anos), as milionárias reformas antecipadas, os ordenados e prémios obscenos, os carros, as casas e as negociatas. O Ministro já veio dizer que quer atenção redobrada sobre manifestações de risco. Têm medo porque brutalizam um povo e já nem conseguem esconder os vícios privados sob a capa da mentira de públicas virtudes.

24
Out
11

Os soldados são filhos do povo. E os polícias?

Volto ao assunto do post anterior por vários motivos. Primeiro porque me permitiu utilizar um dos belos desenhos do Abel Manta, depois porque me parece relevante que as declarações do Vasco Lourenço possam ajudar a mostrar que não estaremos sozinhos nesta premente necessidade de agir, de mudar, de acabar com este regime de mentira, de roubo, de subjugação a que estamos sujeitos perante o poder do capitalismo financeiro. Outra razão, é a de que as revoluções têm de ser feitas pelos povos, não pelos militares pois isso acaba muitas vezes em ditaduras em que se vai de mau para pior. É a nós todos que cabe a escolha e as decisões que determinam o nosso futuro, é a nós que cabe a criação e participação numa democracia mais verdadeira. Finalmente a última mas não menos importante a de sabermos que não estamos sós, que ao nosso lado há gente disposta a lutar. Cheira a cravos.

23
Out
11

Uma estranha Trindade sem nada de Santíssima

O amigo Gustavo Gouveia, nos comentários  a um post, deu a ideia de fazer o boneco da Santíssima Trindade (ST) com o Cavaco, Passos Coelho e Paulo Portas. A primeira coisa que tive de ir procurar é o que raio era essa coisa da ST e descobri que eram o Pai, o Filho e a pomba a que o Alberto Caeiro diz ser a única pomba feia do mundo. O Pai só podia ser mesmo o Sr. Silva, o Filho, o seu descendente partidário e para a pomba o santinho com ar de virgem ofendida do Paulo Portas. Também o símbolo de adoração desta trindade não poderia ser a cruz porque aquilo que eles adoram mesmo é o dinheiro. Grave é que ainda haja quem continue a adorar esta canalha.

20
Out
11

Um mata, outro esfola e outro aplaude

Cavaco Silva respondeu às questões dos jornalistas sobre como via a eliminação dos subsídios de férias e Natal, nos próximos dois anos, para funcionários públicos e pensionistas, dizendo: “Mudou o Governo mas eu não mudei de opinião.”

Para Cavaco Silva, esta medida é uma “violação de um princípio básico de equidade fiscal”, ou seja, a mesma opinião que o Presidente exprimiu quando o anterior Governo socialista decidiu cortar os vencimentos da função pública entre 3,5% e 10%, este ano.

19
Out
11

Memórias do passado para não repetir no futuro

O Feiticeiro de Oz continua a ser um filme com personagens que se adaptam perfeitamente ao que têm sido e são os nossos governos. No papel da menina meio-parvinha o Passos Coelho está perfeito, o Leão sem coragem assenta ao Sr. Silv de Boliqueime como uma luva, para o espantalho sem cérebro quem melhor que o Simplesmente Álvaro e para o Homem de Lata sem coração a escolha só podia ser a do Vitor Gaspar. Bem nos prometem uma estrada feita com tijolos de ouro mas tudo o que vemos no horizonte são buracos negros e um túnel que parece não ter fim.
18
Out
11

Conselho de um Estado doente

O Presidente da República convocou o Conselho de Estado para o próximo dia 25 de Outubro tendo como ordem de trabalhos o tema “Portugal no contexto da crise da Zona Euro”.

Coitado de Portugal com médicos destes  a querer curar os males que afectam o país na crise da Zona Euro. Nunca descobrirão a causa da doença porque a causa são eles mesmos. Eles são o vírus, eles representam o sistema em toda a sua maldade. Eles, a coberto dos seus Bilderbergs, Iluminatis, OpusDeys e Maçonarias causam a pobreza e a miséria que se alastra para defenderem o seu poder e a riqueza de alguns. A cura não está em Conselhos de Estado, em Conselhos de Ministros ou em Cimeiras Europeias, a cura está nas mãos de todos nós, assumindo as nossas responsabilidades e o nosso destino. Depende só de nós.




Indignados Lisboa
Dezembro 2021
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Blog Stats

  • 722.082 hits


%d bloggers like this: