Posts Tagged ‘Dias Loureiro



23
Set
11

Um tribunal comum incompetente


Tribunal absolve Oliveira e Costa e Dias Loureiro. Juíza considera tribunal comum incompetente para apreciar acção do BPN contra Oliveira e Costa, Dias Loureiro e outros ex-responsáveis do grupo.


Porque será que não estou surpreendido?

 

 

 

10
Ago
11

Um dos mais pobres dos pobres

O amigo Nuno Correia deixou nos comentários de um posts o link para este artigo do Tiago Mesquite no Expresso que não resisti em reproduzir aqui. no WeHaveKaosInTheGarden.

Foi noticiado e salvo erro nunca desmentido, que Dias Loureiro não possuía qualquer bem em seu nome. Custou-me. Chorei. E agora gostava de o ver repatriado para podermos devolver-lhe a dignidade. Vamos todos.

Isto de Dias Loureiro nada ter em seu nome só pode acontecer por dois motivos:
O 1º, mais sórdido e maquiavélico, que desconsidero, teria a ver com o facto de Dias Loureiro ter algo a esconder em relação à origem da fortuna que dizem ter amealhado em poucos anos, e que por isso, dada a possível e aparentemente obscura proveniência dos lucros dos seus negócios, optara intencionalmente por não ter rigorosamente nada em seu nome. Nada. Nem um cão de loiça ou um CD do Angélico. Desta forma, e no caso de correr pelo pior (como veio a acontecer – acusado que está de danos no BPN no valor de 41,16 milhões de euros, conjuntamente com o Oliveira e Costa via SLN, da qual eram ambos administradores), não seria possível fazer qualquer tipo de arresto ou penhora aos seus bens.
O 2º, e no qual acredito sincera e piamente, aponta para que Dias Loureiro esteja efectivamente a passar por muitas dificuldades. E que nunca teve bens em seu nome porque é um verdadeiro altruísta e benemérito. E colapsado que ficou sem empregos, sofre agora silenciosamente de agonia financeira como qualquer outro desempregado comum. Agonia tal que até o Presidente da República lhe tentou garantir o sustento por mais alguns meses como conselheiro de Estado, mesmo após o rebentar do escândalo da SLN, de forma a que ele pudesse, pelo menos, comer uma sopita de nabo e um pão com fiambre por dia. Loureiro, agradecido, continuou sempre a aconselhá-lo: “Aníbal: tens de comprar mais acções do BPN, estão baratas e é de comprar, vais ver que não te arrependerás nunca dos conselhos sábios deste teu fiel amigo e escudeiro”
Partiu-se-me o coração vê-lo ter de pedir boleia a um senhor de Jaguar para poder chegar ao DIAP a horas de ser interrogado. E o senhor do Jaguar também deve ter sentido a mesma angústia pois esperou horas à porta pelo seu regresso.
Será mais um pobre diabo a calcorrear as ruas de Lisboa ou de Cabo Verde? Acabará Loureiro como um indigente, a mendigar para sobreviver? Uma triste e infelizmente cada vez mais comum realidade. Reflexo de uma sociedade desequilibrada, com uma balança mal calibrada que tende a favorecer quase sempre quem não precisa. São tempos difíceis até para Dias Loureiro. E porque o meu sentimento de humanidade e fraternidade não consegue assistir a tamanha falta de dignidade, infortúnio e pobreza, e impelido que está este meu espírito altruísta e desinteressado em ajudar este homem caído em desgraça e numa situação precária, decidi agir.
Desta forma, deixo um NIB de uma conta sita num Banco português de confiança (não pertence ao BPN ou BPP) de forma a devolvermos o sorriso, e quem sabe, os bens, a Dias Loureiro: 0036.0058.99100007846.65
Como sei que Dias Loureiro não pretende ter nada em seu nome, o NIB acima indicado pertence a uma conta minha. “Mas desde já asseguro sob a minha palavra de honra” (onde é que já ouvi isto?) que todo o dinheiro que for amealhado nesta iniciativa terá como único destino a ajuda a Dias Loureiro. Solidarizem-se com apenas 1€ que seja, porque neste caso “nada é tudo”! (literalmente). Obrigado pela vossa generosa colaboração!

Kaos: Como dinheiro não tenho para dar a mais este miserável aqui deixo a sujestão do Cartão de Pobre a que deveria ter direito. Ele precisa.

04
Ago
11

Os Silvas vão de férias para a Coelha

De partida para férias o Presidente da República, Cavaco Silva, escreveu uma mensagem no Facebook aos portugueses:
“Nesta época em que muitos podem abrandar o ritmo de actividade ou gozar uns dias de descanso merecido, muitos outros não poderão fazê-lo, ou vivem uma grande intranquilidade quanto ao seu futuro. Os portugueses estão hoje plenamente conscientes das dificuldades que enfrentamos e que exigirão um grande esforço para serem ultrapassadas. Por isso mesmo, este é o momento para recuperar forças e ânimo… para um novo ano, que será de grande exigência mas que deverá também ser, como tanto desejamos, de coragem e de esperança. Portugal não pode falhar o esforço de recuperação da economia e da confiança dos investidores internacionais, para o que é fundamental o contributo, a energia e a determinação de todos nós”.

Quando vejo o Cavaco a fazer estas retoricas em que fala muito para não dizer nada, em que tudo esprimido não é mais do mesmo, da necessidade de nos conformarmos com a nossa sorte e aceitar e trabalhar para servir os interesses dos mercados, só me apetece mandá-lo de vez ao “cócó”. Que vá usufruir dos bons negócios que fez na altura do BPN para a sua vivenda na Coelha, convide os seus amigos como o Dias Loureiro, ou os seus ex-ministros como o Mira Amaral, Que vá mas que se cale que já não há paciência para o ouvir. Desapareça.

04
Ago
11

Todos Cavaquistas, todos BPN

Sei que nos últimos dias tenho abusado da imagem de grupos de mafiosos para fazer os meus bonecos, mas quando olho para tudo isto que se passa à nossa volta é o que vejo. Atacam os nossos direitos e os nossos salários, aumentam impostos e preços, reduzem a quantidade e qualidade dos serviços públicos e  começam a desbaratar o que ainda resta do estado. O caso do BPN é um caso evidente. Vende-se o banco onde os contribuintes já “enterraram” mais de 5 mil milhões por 40 milhões e onde o estado ainda vai pagar o despedimento de mais de 750 trabalhadores, capitalizar o banco em mais 550 milhões e ficar com o resto do “lixo tóxico” e do crédito mal parado que por lá exista, sabendo que havia quem desse mais, (fala-se em 100 milhões) e se comprometesse a não despedir ninguém. A juntar a isto e, perante as dúvidas e indignação geral de muitos, o PSD e o CDS recusaram que os preteridos no negócio e até o próprio Ministro das Finanças, fosse ao parlamento dar explicações. O caso do BPN é o maior caso de trafulhices e roubalheira de toda a história portuguesa, (o Alves dos Reis era um anjinho comparado com esta gente), e não se vêm culpados em lado nenhum. Será que é porque a justiça é cega ou porque vê bem demais?

20
Maio
11

O profissional

Dias Loureiro entre os conselheiros do PSD.
Ex-presidente da ‘holding’ do BPN terá dado aconselhamento político. Passos Coelho não confirma nem desmente.
Passos Coelho chamou, há uma semana, à sede do PSD algumas pessoas, externas à direcção do partido, para com ele discutirem formas de voltar a ganhar terreno nas sondagens.
Ao DN, os visados preferem não falar no caso.

Pelos vistos, o ex-Conselheiro do Sr. Silva Dias Loureiro vem agora aconselhar o Passos Coelho. Como os visados também prefiro não falar no caso. Enoja-me.

09
Mar
11

Mais Cavaco….outra vez

Cavaco Silva prepara-se para tomar posse no seu segundo mandato como Presidente da Republica. Mais um dia triste e mais um passo na direcção do abismo deste Jardim à beira-mar plantado.

03
Mar
11

Óscares 20011 – O discurso do Rei

Passou-se a cerimónia de entrega dos Óscares e já se conhecem os vencedores. Para memória futura aqui fica o primeiro boneco dedicado a eles.
15
Fev
11

Dia dos Namorados 2011

A politica em Portugal anda tão assanhada, andam todos com um ar tão zangado que foi necessário um comentário num dos blogs onde publico os meus bonecos, para me lembrar que não tinha lembrado aqui a passagem do dia dos namorados. E, não foi fácil encontrar um par que pudesse utilizar para o assinalar. O melhor que consegui foi relembrar o último grande momento de “amor” da politica cá do Jardim; Cavaco Silva e Dias Loureiro. Quem não se lembra do esforço do Sr. Silva para manter o ex-dirigente da SLN, apesar de todos os dias se saberem mais noticias sobre os nublosos e ruinosos negócios que culminaram na nacionalização do BPN. Agora, um continua em Belém e o outro vive abastadamente nas suas propriedades em Cabo Verde, terra do obscuro Banco Insular tantas vezes utilizado nas trafulhices que já nos custaram mais de 5 mil milhões de euros. Quem sabe se as acções do BPN do Sr. Silva e/ou a famosa casa da Aldeia da Coelha não terão sido terão sido tão baratos e lucrativos por serem verdadeiras provas de amor.

02
Fev
11

O calvário do Sr. Silva

Acabaram as eleições e tudo voltou ao normal. Acabaram-se as investigações e noticias sobre as casas do Sr. Silva, sobre o BPN e todas aquelas perguntas a que ele nunca respondeu. O candidato questiona-se, o Presidente, santifica-se. E onde fica a verdade no meio de tudo isto?

PS: Não encontrei nenhuma imagem em que se visse também o terceiro ladrão crucificado, o Oliveira e Costa.

18
Set
10

Dias em Cabo-verde à sombra do Loureiro

Outro dia lembrei-me, “onde andará o Dias Loureiro?” Segundo soube, está para Cabo Verde onde tem uma “quintinha”. Cabo Verde, fez-me logo vir à memória o Banco Insular que o BPN tanto utilizou para fazer as negociatas e as trafulhices.  Coincidências, sem dúvida.
11
Jun
10

Onde está o dinheiro?

CASO BPN: ESCÂNDALO E IMPUNIDADE
A burla cometida no BPN não tem precedentes na história de Portugal.
O montante do desvio atribuído a Oliveira e Costa, Luís Caprichoso, Francisco Sanches e Vaz Mascarenhas é algo de tão elevado, que só a sua comparação com coisas palpáveis nos pode dar uma ideia da sua grandeza. Com 9.710.539.940,09 € (NOVE MIL SETECENTOS E DEZ MILHÕES DE EUROS…..) poderíamos:
Comprar 48 aviões Airbus A380 (o maior avião comercial do mundo).
Comprar16 plantéis de futebol iguais ao do Real Madrid.
Construir 7 TGV de Lisboa a Gaia.
Construir5 pontes para travessia do Tejo.
Construir 3 aeroportos como o de Alcochete.
Para transportar os 9,7 MIL MILHÕES DE EUROS seriam necessárias 4.850 carrinhas de transporte de valores!
Distribuído pelos 10 milhões de portugueses, caberia a cada um cerca de 971 euros !!!
Então e o Dias Loureiro e o Arlindo de Carvalho por onde andam? E que tamanho deveria ter a prisão para albergar esta gente?
E mais, tínhamos a crise resolvida.

Este foi um mail, (mais um), que mostra bem que a razão da crise que atravessamos não é devido à lei laboral, à baixa produtividade, a salários demasiado elevados, (para os trabalhadores, claro) ou a feriados a mais. A crise foi criada pela gula de alguns e a mama de muitos. A crise existe por culpa dos mesmos que agora são deixados de fora nas medidas de austeridade para a resolver. E, tudo isto com a conivência da União Europeia que continua a defender a globalização capitalista sabendo que só nos condena a uma cada vez maior pobreza e a complacência dos povos que tardam em exigir justiça.

25
Jan
10

4 anos de cavaquismo – Dias de loureiros e estragos

22
Dez
09

Série Palhaços do Mário Crespo – Palhaço rico

19
Out
09

Alguém tem visto o Loureiro?

dias loureiro onde esta o wally

30
Ago
09

A Porta Secreta

Dias loureiro cavaco silva porta secreta

Foram descobertos documentos relevantes para a investigação do processo BPN, numa porta oculta da casa de Dias Loureiro, ex-Conselheiro de Estado e arguido no mesmo caso. A pequena divisão da sua casa, alegadamente ‘escondida’ só terá acesso através de uma casa de banho. Dias Loureiro afirmou que se tratava apenas de uma parte ‘esconsa do escritório’.
Os documentos apreendidos dizem respeito aos negócios do BPN em Porto Rico e em Marrocos. Foi ainda encontrado um livro sobre a vida empresarial de Dias Loureiro que, o mesmo alegava que não saber onde estava.




Indignados Lisboa
Junho 2021
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Blog Stats

  • 720.934 hits


%d bloggers like this: