Posts Tagged ‘Francisco Assis

16
Out
12

Vão de burro mas zurrem baixo

 

Depois de um fim-de-semana  e de protesto contra a Troika e a situação de miséria a que está a condenar os portugueses e de um serão de segunda-feira bem quentinho à porta do Parlamento para renegar o roubo este orçamento  representa finalmente volto a casa e me sento em frente do computador. Posso agora dizer aqui que estes políticos que têm passado pelo poder não têm a mínima ideia daquilo que sentem os cidadãos e que por isso já há muito perderam o direito de falar em seu nome. Quem não tem o discernimento para entender que num momento em que a austeridade está a destruir a vida de milhões de pessoas, quando há gente a passar fome, sair a noticia de que a Assembleia da Republica gastou duzentos mil euros em quatro carros para a liderança parlamentar do PS é algo que choca e ofende as pessoas. Mas, vir alguém que já foi liderou essa bancada, mostrando-se muito indignado e perguntar se queríamos que o lider parlamentar do PS andasse de Clio é inimaginável. É não entender o sofrimento, é não entender o desespero, é não entender a raiva que cresce contra os políticos profissionais da treta, é não compreender todo um povo. Nós não queremos que ele vá de Clio, nós queremos que ele vá a pé, de transportes públicos (talvez ai aprendesse alguma coisa e entendesse o que sentem as pessoas), de carroça ou a cavalo num burro, Queríamos que ele andasse como quisesse se fosse pago por ele. Se quer ir de carro, compre um que ganha o suficiente para isso e para pagar a gasolina, o imposto automóvel, as revisões e as inspecções e os parquímetros e as portagens e tudo o resto. Queríamos que ele fosse um cidadão e não alguém que se considera valer mais que os outros. Queríamos que ele fosse gente como nós e que por isso pudesse representar-nos. Assim, só representa uma classe de parasitas que vivem à custa do sofrimento daqueles que deviam representar. Assim não passam de uma praga que temos de correr do poder.

18
Jul
11

A guerra das Rosas (sem picos)

A luta pelo poder no Partido Socialista tem sido de uma pobreza franciscana de um lado e seguramente uma nulidade do outro. Não lhe consigo encontrar interesse nenhum e só a ideia do boneco me levou a fazer um post sobre o assunto. Em primeiro lugar porque é irrelevante quem lidere o PS nesta fase do campeonato em que todos estão empenhados em cumprir com o acordado com a Troika. Em segundo porque sendo o PS o vejo como alternativa de mudança social, nem ao sistema de lógica de mercados instalado. Em terceiro lugar porque não dizem sequer algo que seja motivador para nada. Zero ideias em zero propostas na nulidade dos candidatos.
28
Jun
11

A luta celestial socialista

A luta pelo poder no PS lá continua, monótona e sem grande furor mediático. Com um governo de maioria parlamentar nem parece ser muito importante saber quem ira ajudar a cumprir com o “contrato” com a troika. Se aí não há grande diferença apostam em mostrar qual dos dois está mais interessado na abertura à sociedade e a um alargamento da democracia interna.
Do Francisco Assis,  já estava farto desde os tempos do reinado Sócretino e do outro temos que me venha a fartar ainda mais depressa. É só a mim que dá sono quando ele fala?
08
Jun
11

D. Francisco, o conciliador

Rei morto, reizinhos aos pulos. O jogo pela liderança do PS vai começar. Um jogo de personagens menores em que o Francisco Assis parte à frente. Liberalzinho, conciliador e disposto a negociar e partilhar. De Belém à Lapa a maior certeza de que o Partido Socialista facilitará a passagem do fundamental da implementação das ordens da troika do dinheiro.
Contra ele tem a proximidade à imagem do Sócrates, a favor a imagem “vendida” com o mediatismo que isso lhe concedeu.

06
Maio
11

A barca do PS

Na barca do PS, que mete água que se farta mas nunca mais vai ao fundo, uns são repescados, outros agarram-se ao barco que anda tubarão esfomeado pelo poder por aí.

11
Abr
11

O Congresso do PS

Não sei se este congresso conseguiria entrar para o livro de recordes, como o mais longo comício eleitoral de um partido, mas merecia. Três dias de exaltação ao Messias do PS com muito marketing à mistura. Muitos dos que já acreditavam numa vitória do Passos Coelho por KO, ficaram certamente um pouco mais apreensivos. Este por mais que o crucifiquem nasce sempre de novo.

02
Abr
11

Os novos Pilatos

Pronto, a demissão do governo já foi aceite e vamos para mais umas eleições para que tudo fique na mesma. Até lá o governo fica em gestão e o país em banho-Maria. As medidas de austeridade que nos deviam estar a cair em cima antes das férias ficam adiadas lá mais para Setembro. O PS não está nada interessado em aplica-las agora para não perder mais votos e o PSD em que este governo as aplique todas e peça a ajuda ao FMI para mais tarde essa culpa não lhes seja atribuída. Contrariamente ao que sempre acontece com governos em gestão, em que a oposição lhes diz que não podem fazer nada mais que a gestão corrente e questionam qualquer nomeação ou medida, desta vez é a oposição que lhes diz “faz, faz tudo o que quiseres e também tudo aquilo que nós queremos fazer depois de sermos governo. Este governo lava as mãos e deixa a m*rda que fez para os outros meterem as mãos quando lá chegarem. Verdade seja dita que merecem.




Indignados Lisboa
Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Blog Stats

  • 714.338 hits


%d bloggers like this: