Posts Tagged ‘Francisco Assis

16
Out
12

Vão de burro mas zurrem baixo

 

Depois de um fim-de-semana  e de protesto contra a Troika e a situação de miséria a que está a condenar os portugueses e de um serão de segunda-feira bem quentinho à porta do Parlamento para renegar o roubo este orçamento  representa finalmente volto a casa e me sento em frente do computador. Posso agora dizer aqui que estes políticos que têm passado pelo poder não têm a mínima ideia daquilo que sentem os cidadãos e que por isso já há muito perderam o direito de falar em seu nome. Quem não tem o discernimento para entender que num momento em que a austeridade está a destruir a vida de milhões de pessoas, quando há gente a passar fome, sair a noticia de que a Assembleia da Republica gastou duzentos mil euros em quatro carros para a liderança parlamentar do PS é algo que choca e ofende as pessoas. Mas, vir alguém que já foi liderou essa bancada, mostrando-se muito indignado e perguntar se queríamos que o lider parlamentar do PS andasse de Clio é inimaginável. É não entender o sofrimento, é não entender o desespero, é não entender a raiva que cresce contra os políticos profissionais da treta, é não compreender todo um povo. Nós não queremos que ele vá de Clio, nós queremos que ele vá a pé, de transportes públicos (talvez ai aprendesse alguma coisa e entendesse o que sentem as pessoas), de carroça ou a cavalo num burro, Queríamos que ele andasse como quisesse se fosse pago por ele. Se quer ir de carro, compre um que ganha o suficiente para isso e para pagar a gasolina, o imposto automóvel, as revisões e as inspecções e os parquímetros e as portagens e tudo o resto. Queríamos que ele fosse um cidadão e não alguém que se considera valer mais que os outros. Queríamos que ele fosse gente como nós e que por isso pudesse representar-nos. Assim, só representa uma classe de parasitas que vivem à custa do sofrimento daqueles que deviam representar. Assim não passam de uma praga que temos de correr do poder.

18
Jul
11

A guerra das Rosas (sem picos)

A luta pelo poder no Partido Socialista tem sido de uma pobreza franciscana de um lado e seguramente uma nulidade do outro. Não lhe consigo encontrar interesse nenhum e só a ideia do boneco me levou a fazer um post sobre o assunto. Em primeiro lugar porque é irrelevante quem lidere o PS nesta fase do campeonato em que todos estão empenhados em cumprir com o acordado com a Troika. Em segundo porque sendo o PS o vejo como alternativa de mudança social, nem ao sistema de lógica de mercados instalado. Em terceiro lugar porque não dizem sequer algo que seja motivador para nada. Zero ideias em zero propostas na nulidade dos candidatos.
28
Jun
11

A luta celestial socialista

A luta pelo poder no PS lá continua, monótona e sem grande furor mediático. Com um governo de maioria parlamentar nem parece ser muito importante saber quem ira ajudar a cumprir com o “contrato” com a troika. Se aí não há grande diferença apostam em mostrar qual dos dois está mais interessado na abertura à sociedade e a um alargamento da democracia interna.
Do Francisco Assis,  já estava farto desde os tempos do reinado Sócretino e do outro temos que me venha a fartar ainda mais depressa. É só a mim que dá sono quando ele fala?
08
Jun
11

D. Francisco, o conciliador

Rei morto, reizinhos aos pulos. O jogo pela liderança do PS vai começar. Um jogo de personagens menores em que o Francisco Assis parte à frente. Liberalzinho, conciliador e disposto a negociar e partilhar. De Belém à Lapa a maior certeza de que o Partido Socialista facilitará a passagem do fundamental da implementação das ordens da troika do dinheiro.
Contra ele tem a proximidade à imagem do Sócrates, a favor a imagem “vendida” com o mediatismo que isso lhe concedeu.

06
Maio
11

A barca do PS

Na barca do PS, que mete água que se farta mas nunca mais vai ao fundo, uns são repescados, outros agarram-se ao barco que anda tubarão esfomeado pelo poder por aí.

11
Abr
11

O Congresso do PS

Não sei se este congresso conseguiria entrar para o livro de recordes, como o mais longo comício eleitoral de um partido, mas merecia. Três dias de exaltação ao Messias do PS com muito marketing à mistura. Muitos dos que já acreditavam numa vitória do Passos Coelho por KO, ficaram certamente um pouco mais apreensivos. Este por mais que o crucifiquem nasce sempre de novo.

02
Abr
11

Os novos Pilatos

Pronto, a demissão do governo já foi aceite e vamos para mais umas eleições para que tudo fique na mesma. Até lá o governo fica em gestão e o país em banho-Maria. As medidas de austeridade que nos deviam estar a cair em cima antes das férias ficam adiadas lá mais para Setembro. O PS não está nada interessado em aplica-las agora para não perder mais votos e o PSD em que este governo as aplique todas e peça a ajuda ao FMI para mais tarde essa culpa não lhes seja atribuída. Contrariamente ao que sempre acontece com governos em gestão, em que a oposição lhes diz que não podem fazer nada mais que a gestão corrente e questionam qualquer nomeação ou medida, desta vez é a oposição que lhes diz “faz, faz tudo o que quiseres e também tudo aquilo que nós queremos fazer depois de sermos governo. Este governo lava as mãos e deixa a m*rda que fez para os outros meterem as mãos quando lá chegarem. Verdade seja dita que merecem.

24
Fev
11

Santo, fada ou outra coisa qualquer

Apeteceu-me fazer um post sobre esye personagem, mas não me consegui decidir se ele deveria ser o São Francisco de Assis, o Frei Tuck ou…


simplesmente mais uma fada rosa interessada em juntar o PS e o PSD num grande bloco central que lhes garanta o poder eterno. Decidam vocês.
12
Dez
10

Tristes palhaços

Ouvi recentemente pedaços de entrevistas dadas por estas duas personagens. Primeiro Francisco Assis, líder parlamentar do PS, a reafirmar a sua autoridade, garantindo que não permitirá que os deputados do PS se tornem diletantes e não cumpram com as ordens do governo. Depois foi o Sócrates a cantar em louvor do seu governo, mostrando-se como um predestinado a conduzir este país à grandeza e ao saber. Um usa a força, outro o engano para passarem os seus recados e mensagens. Hoje, na minha opinião, ambos  já não passam de  tristes palhaços sem honra. Ambos não passam de servos do poder económico e dos Senhores do Mundo. Ambos não prestam.
03
Dez
10

Oportunidade perdida

A primeira ideia que me veio à cabeça quando ouvi esta notícia é a de que o PS e o país perderam uma boa ocasião para se livrarem deste senhor, ou pelo menos de não termos de o ouvir quase diáriamente nas televisões.
Já a segunda ideia é a de que se o Francisco Assis, o Santo, pregou o abandono dos bens materiais para ajudar os pobres, já este Francisco Assis, o Deputado, prega mais a pobreza do estado para ajudar os ricos. É que nunca o vi tão preocupado com princípios essenciais de estabilidade da própria ordem jurídica, quando os impostos ou as normas foram votadas para taxar, impôr obrigações ou retirar direitos a quem trabalha por conta de outrém. Aí, os interesses do país, a crise e a sustentabilidade do estado sempre foram argumentos suficiêntes.
Aliás, sabe-se bem o que pensa esta gente sobre os lucros do grande capital, como prova o aumento de impostos sobre os juros das poupanças bancárias e a não aplicação desse mesmo aumento sobre os lucros da especulação bolsista. Dois pesos e duas medidas.

14
Nov
10

De bobo a rei sem coroa?

Segundo o Jornal Expresso, António Costa apoia Francisco Assis para a liderança do Partido Socialista. Segundo parece nem mesmo o  PS parece acreditar na possibilidade de o partido vencer as próximas eleições legislativas e já prepara uma vitima para fazer a travessia do deserto.  Falta saber se ele estará na disposição de fazer o papel de camelo e colocar a coroa na cabeça para se transfigurar de bobo em rei sem trono.

16
Out
10

Uma questão de dimensão

Li a notícia de que o record do Guiness do homem mais pequenino do mundo tinha sido batido. Lembrei-me logo do nosso Prmeiro-ministro e da sua dimensão moral e de decência. É sem dúvida do mais baixo que existe.
13
Out
10

Os rebanhos parlamentares

Os deputados do grupo parlamentar socialista vão estar sujeitos a disciplina de voto, na votação dos projectos do PCP e do BE, que pretendem revogar a introdução de portagens nas auto-estradas do Grande Porto, Norte Litoral e Costa de Prata. Segundo a edição online do Diário de Notícias, a decisão já foi confirmada pelo presidente do grupo parlamentar socialista, Francisco Assis.

Sempre qu e ouço falar de Disciplina de voto para um deputado, estranho que ele esteja mais sujeito às ordens do “patrão” que lhe proporcionou o lugar, que à obrigação de defender os interesses e a vontade daqueles que votaram nele.

27
Mar
10

Onde raio anda o Brutus deste Cesar?

25
Mar
10

Uma grande ave

PS: Já repararam como o Francisco Assis ficou, neste boneco, parecido com a cara da Sinistra ex-Ministra da Educação? Que coisa tão feia.




Indignados Lisboa
Setembro 2020
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Blog Stats

  • 717.067 hits


%d bloggers like this: