Posts Tagged ‘João jardim

01
Jan
13

7 Anos de Kaos

aniversario 7 wehavekaosinthegarden

Hoje passam 7 anos da data em que iniciei esta aventura que tem sido o WeHaveKaosInTheGarden.blogspot.com, (que só comecei a replicar no wordpress alguns anos depois). Durante todo este tempo tentei manter uma regularidade e sobretudo a coerência de dizer sempre aquilo que penso sobre o que se vai passando neste jardim à beira-mar plantado a que chamam de Portugal. Fiz muitos e bons amigos e certamente alguns inimigos, mas esses são os que menos me interessam. Só na plataforma do blogspot já ultrapassei o milhão e 900 mil visitas, (no WordPress chegou aos 190 mil só no ano de 2012) coisa que nunca pensei ser possível e que só posso compreender pela simpatia e amizade da muita gente que me visita. Houve momentos em que fazer este blog foi um prazer mas também outros em que me questionei da sua utilidade, o tempo que lhe dispensava e as coisas que deixava de fazer. Num momento mais difícil cheguei mesmo a terminar com a sua publicação, mas já são tantos anos e tantos bonecos (mais de 6300), que acabei por não resistir e voltar pouco tempo depois.
Mais uma ano em que começo a dizer que não sei até quando irá continuar a existir este blog, mas uma coisa é certa enquanto durar será sempre a minha voz e a minha opinião que aqui publicarei. Sei também que o que mantém este blob vivo é o prazer que tenho no fazer dos bonecos pois a escrita nunca foi o meu forte e muitas vezes me falta o engenho e arte para dizer aquilo que realmente quero. Isso e a amizade de muita gente que me vai dando força e incentivo para continuar e que tanto me ajudaram nos momentos de maior desanimo. Quero por isso agradecer a esses meus amigos a todos os outros que por aqui vão passando, não esquecendo os políticos que temos tido, esse filão inesgotável de aldrabões, gatunos, mentirosos e outros nomes piores que me inibo de lhes chamar agora, pois sem eles este blog não existiria.

A todos o meu muito obrigado.

 

20
Set
12

A última ceia em Belém

Depois de centenas de milhares terem ocupados ruas e praças um pouco por todo o Portugal chegou a hora de irmos até Belém para sermos milhares de Conselheiros de Estado que mesmo sem lugar na mesa do Presidente estaremos cá fora manifestando a nossa revolta e a nossa indignação exigindo a mudança. Sexta-feira, 21 de Setembro pelas 17 horas em frente ao Palácio de Belém. Ou o Presidente começa a cumprir com o seu juramento de defender e fazer cumprir a Constituição ou então abandone o cargo. Não necessitamos de um incapaz a habitar um palácio que devia ser ocupado por gente honrada, responsavel e cumpridora do seu juramento. Eu vou.

21
Ago
12

Eram térmitas mas já é caruncho

O líder do PSD-Madeira, Alberto João Jardim, considerou que foi o Governo Central, de coligação PSD/CDS-PP, a dar o primeiro passo de separatismo ao remeter ao arquipélago o pagamento da sua dívida. “Quando um Estado como Portugal diz ‘amanhem-se lá na Madeira e paguem o que fizeram’, está dado o primeiro passo de separatismo, mas quem deu o passo foi o Governo de Lisboa”.

Dê-em lá a independência ao homem e não se pensa mais nisso.

25
Jan
12

Estátua da Madeira

Jardim queixa-se das “estratégias para virar portugueses contra portugueses”. Alberto João Jardim fez críticas violentas ao “continente”. O presidente do governo regional da Madeira queixa-se de estratégias vindas do continente para virar portugueses contra portugueses e afirma mesmo “que se não querem que a Madeira faça parte do país que o digam de uma vez por todas”.Tenho pena é dos madeirenses entalados entre a loucura de um governo cego pela austeridade e cobarde nos sacrifícios e a prepotência arrogante de um Rei de Republica das Bananas que arruinou a ilha e escondeu o facto para poder gastar ainda mais. Vão murchar muitas flores na Pérola do Atlântico.
09
Jan
12

Pianto pagliaccio

A Associação Nacional de Farmácias (ANF) garante que vai suspender a partir de hoje o crédito ao Governo da Região Autónoma da Madeira, alegando que o mesmo “não tem cumprido o plano de pagamentos para recuperar a dívida ao longo dos próximos oito anos”. O Executivo liderado por Alberto João Jardim deve cerca de 77 milhões de euros à ANF, que não recebeu o dinheiro de uma parte da dívida que deveria ter sido paga. “O pagamento não foi efectuado, nem foi dada qualquer explicação”, diz a associação em comunicado. Assim, a partir de amanhã, todos os beneficiários terão de solicitar directamente ao Governo Regional a comparticipação no preço dos medicamentos, que até agora era logo descontada pelas farmácias.

Mesmo depois de se saber do buracão de 6 mil milhões nas contas da Madeira o Bicho da Madeira não se poupou, nem aos habitantes da ilha, a lautas inaugurações bem regadas nem a fartas promessas. Agora que já se reconfirmou no poder chegou a hora de começar a pagar mas como sempre quem vai pagar em sacrifícios e pobreza são os cidadãos. Lá como cá, uns engordam outros apertam o cinto.

08
Jan
12

Cada vez sorrimos menos

Face neutra e sorriso fechado. Um estudo científico realizado pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção da Universidade Fernando Pessoa aponta para uma diminuição «significativa» na exibição de qualquer tipo de sorriso e o aumento da expressão neutra em mulheres e homens. No universo das 15.243 fotografias analisadas verificou-se que a expressão facial de emoções negativas é mais frequente e intensa do que a de emoções positivas. Um padrão que se acentuou expressivamente no ano passado.

Realmente, com esta Europa, este governo, este Presidente, esta oposição e tanta corrupção e compadrio cada vez mais temos menos razões para sorrir. Mas, também é verdade que tristezas não pagam dívidas e por isso continuo a defender o mote deste blog; Se há quem chore de alegria porque não havemos de rir de tristeza.

10
Dez
11

Um buraco insaciável

O secretário regional do Plano e Finanças, Ventura Garcês, revelou nesta terça-feira que a dívida pública da Madeira ascendia a seis mil milhões de euros, em Outubro, mais 200 milhões do que inicialmente contabilizado.

Um grupo de cientistas revelou a existência dos maiores buracos negros alguma vez encontrados no Universo, sendo que o maior tem aproximadamente 10 vezes o tamanho do nosso sistema solar.

Não sei se estas notícias estão relacionadas, mas para encontrar grandes buracos não é necessário olhar para o espaço infinito. A Madeira, o BPN, tudo aqui tão perto, tão à vista de todos mas que todos parecem preferir esquecer. O Bicho da Madeira, depois de ter enviado os seus lacaios eleitos para a Assembleia da Republica fazerem chantagem o governo no orçamento do Estado, vem agora exigir ao Coelho o cumprimento das promessas feitas por debaixo do pano. Desbocado como é, abre a bocarra e sai tudo cá para fora, já o Coelho, mentiroso como já mostrou ser, atrapalha-se e tem muito para sofrer com o Jardim da Madeira. Não fosse o dinheiro nosso, pago com os nossos subsídios, reduções de salários, impostos e cortes nos direitos sociais até poderia ser um espectáculo interessante de assistir. Assim é mais uma vergonha para juntar a tantas outras com que nos têm presenteados estas duas personagens.

18
Out
11

Conselho de um Estado doente

O Presidente da República convocou o Conselho de Estado para o próximo dia 25 de Outubro tendo como ordem de trabalhos o tema “Portugal no contexto da crise da Zona Euro”.

Coitado de Portugal com médicos destes  a querer curar os males que afectam o país na crise da Zona Euro. Nunca descobrirão a causa da doença porque a causa são eles mesmos. Eles são o vírus, eles representam o sistema em toda a sua maldade. Eles, a coberto dos seus Bilderbergs, Iluminatis, OpusDeys e Maçonarias causam a pobreza e a miséria que se alastra para defenderem o seu poder e a riqueza de alguns. A cura não está em Conselhos de Estado, em Conselhos de Ministros ou em Cimeiras Europeias, a cura está nas mãos de todos nós, assumindo as nossas responsabilidades e o nosso destino. Depende só de nós.

11
Out
11

Banana, banana, banananas…..Bananas

O PSD conquistou este domingo a 10ª maioria absoluta em legislativas regionais da Madeira, mas com o pior resultado de sempre,  conseguindo apenas 48,56 por cento e 25 deputados, apenas dois acima do limiar da maioria absoluta, e perderam perto de vinte mil votos em relação ao sufrágio de há quatro anos.

Já li tanta notícia, tanto blog a falar da vitória do Bicho da Madeira que já tudo foi dito ou escrito. Fico-me por isso pelo assinalar o facto e por fazer um boneco, mistura de comediante meio apalhaçado e o famoso quadro do Rene Magritte adaptado à Republica das Bananas em que se transformou a Madeira.

08
Out
11

A Branca de Neve no Jardim do Bicho da Madeira

 

«A inauguração da sede do Sindicato dos Professores no Funchal, juntou ontem o improvável num mesmo acto oficial – o presidente do Governo da Madeira, Alberto João Jardim, e o líder da Fenprof, Mário Nogueira. “Se o problema da dívida existe, e aqui de dimensão agravada, é bom recordar que não é por responsabilidade de quem, honestamente, tem como quotidiano o trabalho”, referiu no discurso o sindicalista, que ao CM frisou não estar ali a fazer campanha pelo PSD madeirense.»

Até pode não ter estado a ajudar a campanha eleitoral do João Jardim, mas que parecia e que ajudou não restam dúvidas. Basta ter ouvido o Bicho da Madeira referir a sua oposição à avaliação dos professores para perceber que o Mário Nogueira se deixou enrolar mais uma vez. Primeiro quando mordeu a maça envenenada do Memorando de Entendimento que a Sinistra Ministra lhe estendeu e agora quando aceita estar ao lado do “Caçador” que se rebelou contra o governo do seu partido. Desconfio que ele gosta de fazer o papel de Branca de Neve.

05
Out
11

Guerra da Madeira: Submarinos no horizonte

Perante as criticas de Paulo Portas, que o comparou ao Sócrates, não ao Grego mas o outro, o que ajudou a que hoje nos estejamos a  sentir gregos, João Jardim apelidou-o de “Moço de recados” e retaliou que a dívida que criou uma dívida quase igual à da Madeira só com a compra dos submarinos.
Gosto quando vejo os políticos, sobretudo aqueles com quem menos concordo, dizerem coisas com as quais concordo. João Jardim é um ditadorzeco de uma Republica das Bananas, que suporta uma série de vampiros que se vão enchendo dos dinheiros públicos e gasta o que não tem e não é dele e o Paulo Portas não é o anjinho que quer aparentar com grandes telhados de vidro, com submarinos, a Universidade Moderna sem esquecer o Caso Portucale e o famoso cheque do Jacinto Leite Capelo Rego. Zanguem-se comadres, que gostamos de ouvir as verdades.
03
Out
11

A banana e o martelo

O líder regional do PSD, Alberto João Jardim, manifestou-se hoje contra aquilo que apelida de uma lei para despedir sem justa causa, que o Governo PSD/CDS está “a remoer na Assembleia da República”.

Como não estou a ver o Bicho da Madeira como um perigoso comunista que defenda quem trabalhe só posso imaginar que  pretendia era evitar o seu próprio despedimento. Esqueceu-se é da, justa causa, que no caso dele se aplica perfeitamente, como prova esta notícia:

Vítor Gaspar diz que o buraco é de 6 mil 328 milhões de euros mas pode ainda ser maior. A auditoria das Finanças conta apenas com os encargos assumidas até ao final de Junho. Segundo o semanário Expresso, este ano, o governo regional da madeira assumiu pagamentos futuros num valor de 357 milhões de euros, com obras lançadas em 2011. O Jornal Público vai mais longe e diz que a dívida poderá chegar aos 8 mil milhões.

30
Set
11

Uma questão de estilo


O Presidente da República reconheceu hoje que  a omissão de dívidas públicas na Madeira configura uma situação grave, mas  sublinhou que o programa de ajustamento não pode ser preparado “de um momento  para o outro”. O chefe de Estado recusou ainda fazer qualquer comentário às reacções  do presidente do Governo Regional da Madeira, apesar de admitir que tem  um estilo diferente de Alberto João Jardim. “Cada dirigente político tem a sua forma específica de fazer política”:

Governo recua e só apresenta amanhã a auditoria às contas da região. Oposição acusa Passos Coelho de não “honrar” a palavra. “Falei demais”. Foi esta a frase de Passos Coelho que acabou por marcar o debate quinzenal de ontem no Parlamento, onde o primeiro-ministro deu o dito pelo não dito e revelou que só depois das eleições regionais de 9 de Outubro será conhecido o plano de ajustamento para a Madeira.

Sei que todos são do mesmo partido, que às vezes se zangam e depois fazem as pazes, que quando chateiam  o Bicho da Madeira ele ameaça abrir a boca e todos se encolhem, mesmo considerando tudo isto é uma vergonha que não utilizem os mesmos critérios que utilizaram nas eleições legislativas. A Troika analisou as contas de um país e apresentou o plano de resgate em menos tempo que este governo consegue fazer uma auditoria na Madeira. No continente passam o tempo a tirar-nos à cara que as medidas de austeridade da Troika foram aceites pelos portugueses quando votaram e deram uma maioria ao PSD/CDS, mas na Madeira pedem aos eleitores que votem num futuro desconhecido. Se eu fosse madeirense queria que o Bicho ganhasse, pois assim podia não sofrer tanta austeridade por ele não cumprir com plano nenhum e por ainda obrigar os “Cubanos do “contenente” a pagar o buraco que fez na Madeira.
Se já pagámos um BPN porque não haveremos de pagar outro chamado Buraco da Madeira?

28
Set
11

De festas e pancadaria é que ele gosta

Alberto João Jardim diz que “é preciso dar pancada em quem ofende o povo madeirense” e compromete-se a “continuar a lutar contra o Estado central até a região conseguir os seus direitos”.Felizmente que eu por aqui não ando a ofender o povo madeirense mas somente o João Jardim e os seus lacaios senão ainda tinha direito a um enxerto de pancada. Bem pode o Bicho da Madeira, na boa tradição de qualquer ditador querer confundir um povo com a sua pessoa que todos sabemos bem quem são os responsáveis pelo buraco na Madeira. Pancada mereciam esses e os que por cá nunca assumiram as suas responsabilidades,presidentes e governos, para acabar com os défices democráticos, a arrogância, a falta de respeito e o esbanjar dos impostos de todos nós.

27
Set
11

We Have Relvas In The Madeira Garden

Miguel Relvas não deixou qualquer garantia de que o plano de reestruturação da Madeira seja apresentado antes das eleições regionais de 9 de Outubro, apesar de o primeiro-ministro ter afirmado no último debate parlamentar que o plano estaria desenhado antes do acto eleitoral.
“Sabendo nós que decorre uma campanha eleitoral na Madeira, é importante que todos os partidos tenham o maior cuidado em tratar desta matéria. A avaliação está ser feita e quando estiver concluída será tornada pública”. Afirmou ainda esperar que a campanha “decorra com a normalidade que o país já se habituou”, que “seja esclarecedora” e desejou que “ PSD ganhe as eleições”.

Ao esperar que o PSD ganhe as eleições na Madeira o que o Miguel Relvas está a fazer é colocar os interesses do seu partido acima das trapalhices e mal-feitorias do “Bicho da Madeira”. Esta gente não presta mesmo para nada a não ser para servir os interesses instalados de alguns amigos.




Indignados Lisboa
Agosto 2020
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Blog Stats

  • 716.831 hits


%d bloggers like this: