Posts Tagged ‘José Sá Fernandes

24
Abr
10

Braga, 22 abr (Lusa) – O advogado de defesa do empresário Domingos Névoa, Artur Marques, classificou hoje como um ato de “profunda justiça” o acórdão que o absolve do crime de tentativa de corrupção do vereador da Câmara de Lisboa José Sá Fernandes. O jurista disse à agência Lusa que a absolvição foi “um ato de reparação de uma injustiça e de um agravo feitos a um homem impoluto, sério e trabalhador, que muito tem dado ao país e à sua economia e que não merecia o que lhe fizeram”.
O Tribunal da Relação de Lisboa absolveu hoje o empresário Domingos Névoa por considerar que “os actos que o arguido (Névoa) queria que o assistente (Sá Fernandes) praticasse, oferecendo 200 mil euros, não integravam a esfera de competências legais nem poderes de facto do cargo do assistente”.

Impoluto, sério e trabalhador. O Névoa tinha sido condenado em primeira instância ao pagamento de uma multa de cinco mil euros, a quem se tinha disposto a oferecer 200 mil ao Sá Fernandes. Sá Fernandes que, por ter chamado corrupto ao Névoa, teve de lhe pagar uma indemnização 10 mil euros e ainda uma multa de mais 5 mil. O que denunciou a corrupção é condenado, o que tentou corromper é indemnizado e sai impoluto, sério e trabalhador. Cada vez mais me parece que temos de acabar com o Direito e começar a fazer justiça.

Anúncios
07
Jan
10

Um Orçamento com Incenso, Mirra mas sem ouro

12
Dez
09

Os incorruptiveis contra a corrupção


Quando a corrupção se torna pública e o país se começa a manifestar uma maior insatistação dos cidadãos, nada melhor que criar mais uma comissão para estudar o problema. Os resultados virão mais lá para a frente, quando as coisas estiverem mais calmas e, todas as medidas que agora se falavam ser necessárias serão esquecidas e trocadas por mais meia duzia de outras que nada mudarão. Foi assim antes, foi assim com as propostas do Cravinho e vai ser assim agora.

23
Nov
09

Taxas moderadoras

Rendimentos devem definir taxas moderadoras. O primeiro-ministro, José Sócrates, defendeu ontem que os portugueses devem pagar os cuidados no Serviço Nacional de Saúde (SNS) em função das suas possibilidades.

Ainda me lembro da altura em que o então Primeiro-ministro Santana Lopes fez esta proposta e todos lhe caíram em cima (e fizeram muito bem). Já na altura se apresentou o exemplo do Manuel Damásio, ex-presidente do Benfica, que mora na Quinta da Marinha, desloca-se em helicóptero particular, tem diversas empregadas em casa e declara ganhar o ordenado mínimo.
Todos nós já pagamos mais ou menos impostos de acordo com os rendimentos que auferimos. Criar taxas diversificadas é taxar mais quem já contribui com mais dinheiro para a “orgia” financeira do estado. Poupem onde esbanjam dinheiro, deixem de pagar fortunas a empresas por estudos e pareceres que podem ser feitos com a mesma qualidade dentro do estado e não vai faltar dinheiro para financiar a saúde. Cobrem os impostos a quem não declara o que ganha, criminalizem o enriquecimento ilícito e acabem com o sigilo bancário que ficam a ganhar, sem terem a necessidade destas ideias populistas e demagógicas.

13
Jun
09

Stº António de Lisboa

Antonio Costa, José Sá Fernandes Santo antónio




Indignados Lisboa
Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Blog Stats

  • 712.870 hits

Anúncios

%d bloggers like this: