Posts Tagged ‘leonor Beleza

23
Nov
11

Desvio de um autocarro

Enquanto a Carris ameaça acabar com a carreira 76, a única que serve a freguesia da Cruz Quebrada-Dafundo, onde moram milhares de cidadãos e existe a Faculdade de Motricidade Humana, um Centro de Saúde, o Aquário Vasco da Gama e o Estádio Nacional, Leonor Beleza, destacada militante do PSD consegue uma carreira da Carris exclusiva entre a estação de Algés e a Fundação Champalimaud – Esta carreira actualmente anda sempre sem passageiros.

É a vantagem de se ser uma Senhora, ex-ministra e por muitos considerada responsavel pela morte de muitos hemofílicos com o caso da importação de sangue contaminado e herdar uma enorme fortuna do Champalimaud. Pede-se e, mesmo em tempo de crise e de cortes profundos nos transportes públicos ninguém se preocupa com este prejuízo da Carris. Afinal, é um pedido feito por uma Senhora tão simpática e tão…rica. Quanto aos cidadãos servidos pela carreira 76, que se lixem.

Anúncios
18
Out
11

Conselho de um Estado doente

O Presidente da República convocou o Conselho de Estado para o próximo dia 25 de Outubro tendo como ordem de trabalhos o tema “Portugal no contexto da crise da Zona Euro”.

Coitado de Portugal com médicos destes  a querer curar os males que afectam o país na crise da Zona Euro. Nunca descobrirão a causa da doença porque a causa são eles mesmos. Eles são o vírus, eles representam o sistema em toda a sua maldade. Eles, a coberto dos seus Bilderbergs, Iluminatis, OpusDeys e Maçonarias causam a pobreza e a miséria que se alastra para defenderem o seu poder e a riqueza de alguns. A cura não está em Conselhos de Estado, em Conselhos de Ministros ou em Cimeiras Europeias, a cura está nas mãos de todos nós, assumindo as nossas responsabilidades e o nosso destino. Depende só de nós.

31
Jan
10

O Gang do Conselho de Estado

A Constituição determina que o Conselho de Estado se reunirá a pedido do Presidente da República quando este decida dissolver a Assembleia da República, demitir o Governo e declarar a guerra ou fazer a paz. Nestes casos o parecer do Conselho do Estado é obrigatório mas não é vinculativo; assim o Presidente da República deve ouvir a opinião dos Conselheiros mas a decisão presidencial é sempre livre e soberana. Fora dos casos referidos o Conselho de Estado pronuncia-se sempre que para tal for solicitado pelo Presidente da República.

20
Jul
09

Santinhos para todos os gostos

corrupção folha santos

As áreas da contratação pública e da concessão de benefícios públicos contêm riscos elevados de corrupção, afirma o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), com base nas respostas a um questionário realizado a 700 entidades públicas.

As coisas que esta gente descobre com estes estudos. A Dona Maria ali da tasca da esquina já lhes podia ter dito isso há muito tempo. Ela ou outra pessoa qualquer.


29
Abr
09

Fantasmas do passado

leonor-beleza-antonio-champalimaud-vampira
Passei de relance pelo prós e contras desta semana, e lá estava ela, a Leonor Beleza. Fez-me lembrar do seu tempo de Ministra da saúde e senti um arrepio na espinha. Há fantasmas que nunca poderemos exorcisar, não há?

07
Out
08

Cheiro a peixe podre

Canto das Sereias

Canto das Sereias

«Antecipo que iremos ser todos muito criticados. Os velhos do Restelo não se vão embora. O que é preciso é continuar a haver a ambição dos Gamas», disse António Costa na cerimónia de arranque das obras do centro, que se situa num lugar simbólico, de onde os portugueses partiram para os Descobrimentos. O autarca admitiu que, inicialmente, os responsáveis da Câmara se «assustaram» com a ideia de construir um edifício à beira Tejo, que obrigou à suspensão do Plano Director Municipal (PDM).
O primeiro-ministro, também presente na cerimónia, considerou que o centro vai dar um contributo para «transformar Lisboa e Portugal numa cidade e num país mais cosmopolita e mais abertos às tendências internacionais». «Ao iniciarmos a construção de um centro de investigação» num aniversário da implementação da República, «estamos a homenagear o ideal da valorização da instrução, como os primeiros republicanos sempre valorizaram», disse José Sócrates.

A história da Doca Pesca à muito que cheira a peixe podre por todos os lados. Primeiro encerraram-na e mandaram para o desemprego os trabalhadores em nome de uma famosa regata que se deveria ir realizar em Lisboa. Só isto já era aberrante, mas acabou por não haver nem regata nem trabalho para aquela gente.
Todos sabemos como apetecível é a orla marítima do Tejo, como muitos adoravam encher aquela área de prédios que valeriam milhões e milhões. Já conseguiram encaixar um hotel em Belém e agora ofereceram um terreno com vista para o Bugio à amiga Leonor Beleza, ou antes aos milhões que o Champalimaud lhe deixou de prenda.
Posso ser um velho do Restelo e tem razão o Costa, não me vou embora nem vou deixar de dizer que construir junto ao rio devia ser totalmente proibido. E, pelos vistos até devia ser, mas como quem faz as regras, quem gere o PDM são os mesmos que decidem que obras aprovar, não há proibição que nos valha. Argumentam que é um centro de excelência, que vai fazer de Lisboa uma cidade moderna e mais cosmopolita, que só estas cidades progredirão no século XXI, mas porra, se o centro fosse construído na Brandoa ou em Camarate não servia para os mesmos efeitos. Porque raio tem de ser construído entre as pessoas e o rio, porque tem de ter vista para o mar.
Quanto à idéia de ligar a obra às comemorações da República nem digo nada pois a parvoíce fala por si. Que raio tem uma coisa a ver com a outra?




Indignados Lisboa
Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Blog Stats

  • 713.581 hits

Anúncios

%d bloggers like this: