Posts Tagged ‘Maria Lurdes Rodrigues

14
Fev
11

Memórias de uma ministra

O primeiro-ministro é uma pessoa de invulgar coragem e determinação. E isso tem sido um benefício para o País”, afirmou Maria de Lurdes Rodrigues, em entrevista ao DN e à TSF para o programa ‘Gente que Conta’.

Há personagens que quase se tornaram míticas neste blog, personagens que o povoaram durante meses e algumas mesmo anos. Esta foi uma delas e só por isso lhe faço mais este boneco. Não por estar na prateleira da Fundação Luso-Americana. Não por considerar que “coragem e determinação” são suficientes para se governar, esquecendo a competência, justiça e respeito pelos outros. O exemplo do seu próprio mandato mostram-no bem.  Se faço o seu boneco é porque há personagens que merecem ser recordadas, não pelo que fizeram, mas como exemplo de uma desgraça que não devemos deixar acontecer de novo.

07
Ago
10

Como eu os vejo -Maria Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada

Como eu vejo a politica de educação do PS

02
Jul
10

A bruxa e o Pinóquio

A Maria de Lurdes Rodrigues, aquela a que foi a Sinistra Ministra, a que confundia perseverança com teimosia, que escolhia a prepotência ao diálogo, aquela que tantos amaldiçoaram tantas vezes, escreveu um livros e no seu lançamento lá estava o Mário Soares e sua “partenaire “, uma praga de Ministros e ex-ministros por todo o lado e como não podia deixar de ser o dito Engenheiro Sócrates para lhe fazer o maior elogio da sessão.
Tinha de lhe fazer o boneco, (mais um), porque já poucas são as oportunidades para lhe fazer o “retrato” e preservar a memória  da sua sinistra personagem.

10
Jan
10

A Sinistra ex-ministra conduzida por uma mula ao seu novo tacho

“Sinto-me honrada pelo convite feito pelo Sr. primeiro-ministro e espero estar à altura de contribuir para que a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento continue a ser uma instituição de prestígio, que na sociedade portuguesa marca a diferença pelo trabalho que tem desenvolvido e pelos projectos que tem apoiado”, afirmou Maria de Lurdes Rodrigues, em declarações à Agência Lusa.

Chegou hora da mais hedionda personagem do ex-governo, do Engenheiro lhe encontrar um buraco para a colocar e lhe agradecer o “trabalho” realizado. Neste caso foi a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, sabe-se lá porquê. Bem feito mesmo, seria colocá-la a dar aulas numa escola de um dos bairros problemáticos de Lisboa para sentir na pele os efeitos das suas atrocidades, mas temos de ter pena dos outros professores e dos alunos dessa escola. Temo, é que se ela na sua casmurrice ainda leve a que os Americanos nos acabem por colocar na lista dos países pertencentes ao Eixo-do-mal, a comparem a um Bin-Laden de saias e acabemos e nos transformemos num novo Afeganistão.

05
Nov
09

Which is witch

Isabel alcada maria lurdes rodrigues espelho

Durante muito tempo personifiquei a Sinistra ex-ministra numa bruxa malvada, não só pela sua politica como pela sua pose e arrogância. Com as eleições chegaram as promessas de que algo iria mudar mas a realidade parece demonstrar o contrário. Saiu uma mas parece que entrou outra igual. Isabel Alçada já tinha elogiado a Sinistra Ministra e agora já só falam em pequenos ajustamentos às políticas anteriores, recusando abandonar o que já foi feito. Irá esta ministra ser só mais uma imagem reflectida da anterior?
Claro que há quem diga que agora, sem maioria absoluta, os outros partidos vão poder impedir a continuação de mais do mesmo. Poder podem, falta saber se querem. Antes podiam dizer o que queriam e defender o que lhes podia dar mais popularidade, (votos), mas agora que podem travar o processo talvez não o queiram fazer. É que confiar nesta gente, como muitos professores pareceram fazer durante as eleições, pelo que escreveram nos blogs e por aquilo que diziam, pode vir a ser mais uma facada nas suas costas. Cuidado que esta gente não é de confiança.

18
Out
09

Uma lição com 20 valores

marua lurdes rodrigues cavaco silva a licao

O representante dos alunos do Liceu Camões destacou-se hoje durante as comemorações dos 100 anos da escola ao tecer duras críticas à política educativa, acusando a ministra da Educação de “tirar credibilidade à democracia”. Pedro Feijó, que discursou de improviso, criticou o que disse serem os “entraves que foram postos à democracia nas escolas pelas novas políticas de Educação” e “a linha de orientação errada que a Educação tomou”. “O que o Ministério fez foi tirar credibilidade à democracia dentro e fora da escola”, sublinhou.
Entre os exemplos que considera negativos das políticas educativas do Governo cessante, o aluno apontou o novo Estatuto do Aluno, considerando que, em vez de falar dos estudantes como “os agentes construtores da escola, fala como essas pessoas iguais e padronizados, que vêm às escolas apenas para fazer os seus testes e competir por um futuro que não é garantido e que devia ser um direito”.
Outro exemplo daquilo que considerou “um dos maiores ataques à democracia” é o novo modelo de gestão das escolas, que “tira a representatividade e o poder aos estudantes e outras classes nos órgãos de gestão, dando-o a agentes exteriores à escola”.
“Por melhor que essa colaboração pudesse ser, não podemos prescindir de direitos tão fundamentais como a eleição do director da escola e a elaboração do regulamento interno”, sublinhou, motivando fortes aplausos entre a audiência.
Mas, para o jovem estudante, pior do que qualquer lei, “foi a atitude do ministério”. “Desprezou manifestações com milhares de estudantes, só por sermos menores, como se por sermos estudantes de secundário não tivéssemos uma palavra a dizer. Desprezou abaixo-assinados, incluindo um com dez mil assinaturas de estudantes, que pediram a revogação destas leis. Desprezou manifestações com várias dezenas de milhar de professores que lutavam pelos seus direitos, pelas suas escolas”, sustentou.

Uma lição de cidadania e uma visão clara daquilo que foi a desastrosa politica educativa deste governo de uma forma clara e precisa como até hoje não ouvi nenhum professor conseguir fazer. Merece 20 valores.

04
Set
09

O fantasma do PS nas eleições

Maria Lurdes Rodrigues Socrates fantasma educacao
Depois de o Engenheiro o ter feito na véspera foi agora a vez da ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, admitir que existiram problemas de comunicação entre Governo e professores nos últimos quatro anos. “Talvez não tivesse havido suficiente delicadeza no tratamento com os professores”, disse.

Quem seguiu a guerra entre esta Ministra e os professores não pode deixar de considerar estas declarações como um sinal de hipocrisia e mais uma demonstração de falta de respeito por uma classe a quem, ao longo da legislatura, chamou de professorzecos. Ninguém tem duvidas que o Engenheiro gostaria que esta guerra fosse esquecida e poder recuperar muitos votos que ficaram definitivamente perdidos, não só na classe dos professores mas em muitos que lhes reconheceram a razão e que se preocupam com a defesa da escola publica de qualidade. Tarde demais, naquele que foi o maior erro político do Engenheiro nesta legislatura; o não ter corrido com a Sinistra Ministra quando teve oportunidade disso. Basta ver os resultados que conseguiu na saúde, em que depois de toda a contestação em torno do Correia de Campos e do fecho das maternidades e urgências, substituiu por uma Ministra mais “tenrinha”, que apesar de não ter desfeito o que o seu antecessor fez, passou a ter uma vida bem mais calma sendo mesmo ela a beneficiar agora da abertura dos novos hospitais e urgências prometidas na altura. Se tivesse feito o mesmo na educação, o Engenheiro poderia agora cantar vitória, mas assim encontra-se na posição de fazer o papel de arrependido quando todos sabemos que não está. Só olhar para a cara daquela Sinistra personagem chamada Maria de Lurdes Rodrigues, enjoa e faz crescer uma raiva que não podem apagar.

PS: Sempre apoiei os professores e os seus movimentos, mas custa-me ver alguns desses movimentos, que deveriam só representar os professores e a sua luta, apoiarem claramente o PSD nestas eleições. Eu não voto PS, mas certamente também não votarei na Manuela Ferreira Leite que, por mais que diga que vai rasgar isto e aquilo, é farinha do mesmo saco.




Indignados Lisboa
Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Blog Stats

  • 714.346 hits


%d bloggers like this: