Posts Tagged ‘Mariano Rajoy

10
Jul
13

Pilatos, Caifás e Pinóquio

paulo portas edward snowden francois hollande mariano raroy evo morales caifas

Paulo Portas foi hoje ao Parlamento para falar sobre o caso da proibição de aterragem em solo português do voo de Evo Morales, Presidente da Bolívia. Segundo o mesmo, o sobrevoo foi autorizado e a aterragem negada por razões técnicas. Mais tarde viria a assumir que não perguntou quem seguia a bordo do avião de Evo Morales para não “importar” o caso Snowden para Portugal.  “O problema Snowden não é do Estado português e não vejo vantagem em tê-lo”.

De Pilatos a Caifás passando por pinóquio este Paulo Portas é capaz de ser tudo. Tanto lava as mãos, como conspira e sempre com mentiras e aldrabices. Não é de hoje a sua subjugação ao dono americano e, embora ninguém já fale disso, os sobrevoos e aterragens dos voos da CIA com prisioneiro a caminho ou regressando de países onde eram torturados foi outro assunto que nunca ficou esclarecido.

A justificação do Paulo Portas neste caso, para além das mentiras, deixa muito a desejar como atitude e envergonha o país. Quando alguma injustiça é cometida, quando uma lei, neste caso internacional, está a ser colocada em causa o correcto a fazer é exigir que seja respeitada. O Snowden só divulgou ilegalidades que o Estado Americano estava a cometer contra os países e contra os seus cidadãos individualmente. Quando se espia países e se interceptam todas as mensagens e telefonemas de cada um de nós isso é ilegal e inaceitável. Mas sobre isso o Paulo Portas prefere fechar os olhos e não se meter em problemas para defender quem denunciou a ilegalidade. É como ver o vizinho ser assaltado ou a afogar-se e nada fazer para não arranjar problemas. Pior, envergonhou-nos a todos e já fez com que uma bandeira de Portugal fosse queimada na praça pública. Peça desculpa aos Bolivianos e a todos nós (embora eu lhe diga desde já que não o desculpo).

05
Fev
13

A praga da Europa do Sul

Mariano Rajoy flamengo corrupcao espanha

Em todos os países mais ao sul da Europa não há país que não esteja em crise e onde a corrupção vai brotando com alguma regularidade. Ninguém parece estranhar que só os países mais ao sul da Europa estejam em crise profunda provocada por uma enorme dívida. Ninguém estranha que só aí as pessoas tenham vivido acima das suas possibilidades.  Ninguém estranha que aí todos os governantes sejam políticos domesticados às ordens da Frau Merkel. Ninguém estranha que só nesses países a corrupção seja conhecida e não haja nenhum politico ou banqueiros condenados por ela. Ninguém estranha que seja nestes países que a corrupção seja lei, e a justiça lenta e ineficaz. Ninguém estranha que estes países corram para a insolvência enquanto outros fazem as regras e engordam. Ninguém estranha nada nestes países nem quando vemos a pobreza a alastrar em toda a Europa do Sul. Deve ser culpa do calor e do Sol.
Ninguém acha isto estranho que se salvem bancos e se deixam morrer pessoas? Ninguém pensa que isto não é normal. Ou talvez não seja estranho e seja tudo normal se aceitamos viver governados por mentirosos, aldrabões, canalhas e outra gente do mesmo teor. E até agora aceitámos.

12
Jul
12

Grande Europa


Esta Europa é um espectáculo. Passos Coelho diz que não necessita de mais tempo, mais dinheiro ou de renegociar seja o que for, o Vitor Gaspar veio dizer em Agosto espera que a Troika desaperte um pouco a garrote que tem sobre Portugal por termos sido tão cumpridores, mas o Presidente do BCE já veio dizer que abrandar a austeridade a Portugal seria um mau sinal para os mercados e que isso deve ser evitado. Isto no mesmo dia em que a Espanha vê confirmado pela segunda vez neste ano o aumento do défice para este ano, prolongado por mais uma ano a necessidade de atingir os 3% de défice e trinta mil milhões adiantados do empréstimo à banca. Também no mesmo dia o Messieur Hollande foi visitar a Rainha de Inglaterra e afirmar ao Mister Cameron que defende uma Europa a diversas velocidades. Lá se vai o projecto de uma Europa unida e solidária para alegria da Frau Merkel. Uma Europa unida no controlo do dinheiro dos países mas de costas voltadas quando se trata de sacrifícios, direitos ou pobreza dos outros povos.

02
Jul
12

Mãe madrasta

 

A chanceler alemã, Angela Merkel, assegurou que não haverá nenhuma «troika» para Itália ou para Espanha se pedirem a intervenção dos fundos de resgate nos mercados de dívida ou a recapitalização directa da banca.

A Portugal prometeram um empréstimo de 78 mil milhões, 12 dos quais para irem directamente para a banca, e com eles recebeu também a Troika e a austeridade. A Itália e a Espanha levantaram a voz à Merkel e vão receber muito mais sem sofrerem o mesmo que Portugal, Grécia ou Irlanda. Há os filhos da mãe e os filhos da puta que neste caso parecem ser a Espanha e a Itália.

 

28
Jun
12

Uma crise “Dali” mas também daqui

A agência de notação financeira Moody’s e vinte e oito entidades financeiras do país vizinho sofreram cortes de rating de entre um a quatro níveis, num “golpe” que deixou 21 bancos sob a classificação de “lixo”. A “razia” aconteceu no mesmo dia em que o Governo espanhol formalizou o pedido de ajuda à União Europeia para recapitalizar o sector bancário.

Com o pedido de ajuda da Espanha e também do Chipre só falta a Itália para se fazer o pleno dos países do Sul da Europa. Não deve faltar muito e já outros se colocam na calha. França, Bélgica, Holanda…e outros se seguirão. Porque, contrariamente ao que nos tem sido dito nada disto é uma crise de alguns países que se portaram mal, mas sim uma consequência do ajustamento do próprio sistema capitalista às novas formas de especulação e lucro fácil que a globalização mercantil produziu. Um sistema em que se ganha mais em especular em desequilíbrios da produção que em apostar no sistema produtivo dando todo o poder aos mercados para imporem as suas regras e “governarem” o mundo, é um sistema que será sempre injusto, violento e sempre mais preocupado com o lucro que com as pessoas. Não somos por isso vitimas de uma crise, mas de um sistema que se alimenta de uma suposta crise que eles próprios fomentaram.

15
Jun
12

E viva la Espanhã

Quando se olha para as condições do empréstimo a Portugal e Espanha e se considera que não faz sentido que uns tenham de pagar tanto e fazer tantos sacrifícios quando os outros têm condições muito mais vantajosas, o que se pede não é que também os espanhóis tenham de passar por aquilo que estamos a passar os portugueses, mas que também por cá as condições sejam iguais para permitir que o país não caia numa recessão profunda com todas as consequências a isso associadas.Porra, também somos gente.

12
Jun
12

Cinderela e o sapainho da austeridade

A União Europeia fez um empréstimo a Portugal de 12 mil milhões a juros superiores a 5%. A mesma UE empresta 100 mil milhões a Espanha sem exigir contrapartidas no plano da política económica e em vez de se tratar de um empréstimo ao Estado é uma linha de crédito a juros de 3%. «O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou neste domingo que Portugal não vai pedir uma renegociação das condições do empréstimo financeiro concedido pelas instituições internacionais. “Não vejo razão para pedir uma renegociação das condições”, disse .

Como se não bastasse que estejamos todos a pagar com os nossos impostos, sacrifícios e crescimento da pobreza, a má gestão e gula dos nossos banqueiros dinheiro para os financiarmos a juros usurários, vemos agora a Espanha a receber 100 mil milhões a um juro muito mais baixo e o Passos Coelho a dizer que não vê razões para exigirmos que nos tratem da mesma maneira. Parece que o sapatinho da austeridade que nos calçaram não serve no pé dos espanhóis. Imagino que esteja à espera de se aproveitar dos protestos da Irlanda e assim não ter de questionar a Frau Merkel. A cobardia destas posições aceitando tudo sem se importar com aquilo a que sujeita o país e a vida de todos nós e ficando à espera de se aproveitar daquilo que os outros consigam renegociar já é marca deste governo e vergonha para todos nós.




Indignados Lisboa
Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Blog Stats

  • 714.309 hits


%d bloggers like this: