Arquivo de Maio, 2010



24
Maio
10

Presidenciais 2011

Que ele faça comunicações ao país para se desculpar pela promulgação do casamento homossexual, que diga que não tem comentários quando quando questionado sobre o estado trágico do país, ainda aguentamos, agora que já ande “on the road” a fazer campanha paga por todos nós é que me parece um exagero.

23
Maio
10

Uma questão de valores…ou de falta deles.


De dia viabiliza  as politicas de austeridade e pede desculpa por isso, aceita defender quem nos mentiu nas promessas de não aumentar impostos, de fazer um referendo ao Tratado de Lisboa e nos enganou no resultado das contas publicas, fora o resto. Isso não mexe com a sua personagem de homem sério e respeitador dos valores éticos e morais.
De noite, é inaceitável se mentiu no caso da TVI. Isso ele não pode aceitar e apresentará de imediato uma Moção de censura. Uma questão de valores éticos e morais, certamente.

23
Maio
10

A partir de agora todos aqueles que perderem os seus empregos, todos aqueles que passem por grandes dificuldades já têm o seu problema resolvido. Não necessitam de se zangar com o governo, lançar pragas aos ministros, chamar de inútil ao Presidente ou Chulos aos deputados. Basta fazerem uma visita ao Continente e servirem-se. Se alguém tentar impedir de encher os bolsos, digam que são povo, têm fome e mostrem-lhe o jornal com a autorização do pai Belmiro.

22
Maio
10

Patriotismo

Muito se tem falado da crise, da bancarrota, da austeridade e até o patriotismo já foi chamado ao discurso político. Como portugueses e sendo nós parte interessada, todos desejamos salvar o país e o nosso “coiro”. Para isso são-nos pedidos sacrifícios para atravessar estes tempos difíceis e esta crise. Todos o faríamos sem pestanejar se não soubéssemos que não estamos a resolver os problemas, que o nosso esforço vai ser utilizado para engordar ainda mais os que, pela ganância, nos conduziram a este buraco e que daqui a três ou quatro anos nos vão voltar a conduzir a nova crise e a novos sacrifícios. O que nos pedem é que continuemos a financiar um sistema, uma politica e uma economia que já provou que consome tudo e todos, acabando sempre a pedir mais. Se não se mudam as causas os resultados acabam sempre por ser os mesmos, mais crise e mais sacrifícios. É a própria forma de vivermos em sociedade, os próprios valores que nos foram sendo incutidos como sagrados que temos de colocar em causa. Produtividade a todo o custo, competitividade, consumismo são valores que têm de ser alterados, o que é incompatível com o mundo do capitalismo global tal como ele existe. Para continuar tudo na mesma não há apelo ao Patriotismo que me convença, sobretudo quando vejo que são os mesmos que têm vendido a nossa soberania e os nossos direitos a uma Europa cada vez menos social e solidária, uma Europa onde cada vez mais os interesses nacionais dos mais poderosos se sobrepõem ao valor da própria criação Europeia.

22
Maio
10

Usura fiscal

Penso que todos nós temos de nos preocupar quando o homem que está à frente da recuperação das finanças do país seja o mesmo que aqui há dois anos foi considerado por um Jornal económico inglês como o pior Ministro das Finanças da Zona Euro.


21
Maio
10

Uma relação complicada. (Parte 2)

21
Maio
10

Uma relação complicada. (Parte 1)

20
Maio
10

Impor a paz pela guerra

O Brasil não escondeu a sua indignação com a atitude dos Estados Unidos e dos seus aliados de ignorar o acordo conseguido pelo Brasil e a Turquia com o governo iraniano, que traz exactamente os termos exigidos por essas potências, e enviar uma proposta de novas sanções contra o Irão ao Conselho de Segurança das Nações Unidas. Como reacção, os chanceleres do Brasil e da Turquia encaminharão nesta semana uma carta a cada membro do Conselho onde se censurará o fato de Washington não ter dado um prazo para que o Irão pudesse colocar o acordo em marcha antes de colocar a máquina das sanções em acção.

20
Maio
10

Moção Censura

19
Maio
10

Ai, Ai que são pecadores. Autorizaram o casamento gay.

Que me lembre, o Cavaco fez três comunicações ao país nesta legislatura. A primeira, no pino do Verão para falar do Estatuto das Regiões Autónomas, depois foram as famosas e pitorescas escutas em Belém para agora nos vir dizer que só promulgou o casamento entre pessoas do mesmo sexo por o país estar em crise e para defender os superiores interesses de Portugal. Quando se tratou das leis que realmente mexiam com a nossa vida e os nossos direito, como a do trabalho ou a da segurança social, assinou de cruz e não nos deu Cavaco. Nem mesmo agora que o país está em queda livre e o governo aumenta impostos e corta com todo o investimento publico, só tem para nos dizer que não tem comentários a fazer. Incomoda-o muito mais a liberdade da vida privada das pessoas, os usos e costumes da moral tradicionalista. Aí sim, tem de se justificar não vá este povinho não o reeleger. Ter um Presidente destes ou não ter lá ninguém, antes não ter lá ninguém.

19
Maio
10

O Tango da tanga

Como se dice en español, para que el tango se necesitan dos. Durante muchos meses no tenía pareja para bailar“.
José Sócrates sobre Passos Coelho

18
Maio
10

Come a papa, banquinha come a papa

Quem foram os principais culpados da crise que atravessamos?
Quem recebeu as maiores ajudas durante a crise sem se olhar a despesas ou a défices?
Quem nos ataca com juros e ratings agora que estamos de calças na mão?
Quem teve sempre, antes, durante e no após crise, lucros de centenas ou milhares de milhões de euros?
Quem sempre pagou um IRC 10% abaixo de todas as outras empresas?
Fantasticamente, no momento em que se apregoa e impõe a austeridade, em que se baixam subsídios de desemprego quando se sabe que o desemprego vai subir, em que se reduzem as politicas sociais quando mais vão ser necessárias, quem continua a ser beneficiado fiscalmente é a banca e a especulação financeira.
Todos falam da “inevitabilidade” desta austeridade, todos falam da ameaça de falência do país, mas continuam a não pedir àqueles que sempre mais lucraram com a crise que criaram que colaborem no esforço exigido. Banca que continua a pagar ordenados pornográficos aos seus Administradores e a pagar reformas milionárias, como o BCP que gasta 6,5 milhões de euros com 6 ex-admnistradores, muitos deles já condenados por trafulhices e roubalheiras no próprio banco. Inevitabilidade dos sacrifícios?

18
Maio
10

Quanto paga de IVA a hipocrisia?

É realmente fantástica a lógica da hipocrisia. Aumenta-se o IVA dos produtos sujeitos a taxa reduzida, como é o caso do pão e do leite, porque a Coca-cola e a Pepsi-cola também só pagavam 5% e ele, o Engenheiro, pode pagar um bocadinho mais por aquelas zurrapas.

E os que menos têm? Os que vivem com rendimentos de miséria e é no pão e no leite que encontram a sua subsistência?

É o mal de quem governa a pensar só no seu umbigo e se esquece que existem outros que não possuem as suas mordomias e rendimentos. É o mal de se governar para o grande poder financeiro esquecendo as dificuldades de quem pouco ou nada tem. É o mal de se ser hipócrita.

17
Maio
10

A Crisálida

António José Seguro disse que, «quando o momento se colocar», assumirá as suas responsabilidades, candidatando-se à liderança do PS.

17
Maio
10

O Coscuvilheiro

PT/TVI: Pacheco Pereira é o único deputado do PSD a consultar escutas




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 718.262 hits


%d bloggers like this: