Arquivo de Maio, 2013

31
Maio
13

Há umnovo líder no maior partido da oposição?

mario soares pacheco pereira antonio jose seguro soartacus

Lisboa – O ex-chefe de Estado Mário Soares declarou esta sexta-feira, na conferência «Libertar Portugal da austeridade» na Aula Magna de Lisboa, que não considera este Governo legítimo e que a austeridade está a levar Portugal para o «abismo».

«O Presidente da República tem feito tudo para proteger este Governo, que considera legítimo, mas não é verdade que o seja. Quando o povo, que é quem mais ordena, se manifesta praticamente todos os dias contra um Governo que elegeu com base em falsas promessas, que ignora a Constituição da República, não pode nem deve ser considerado legítimo», afirmou esta sexta-feira Mário Soares.
Mário Soares considera que Cavaco Silva «será o responsável pela perda de paciência e de pacifismo que temos tido até agora». O antigo Presidente da República adverte que, se a situação não mudar, o povo pode tornar-se «progressivamente mais violento». «Pense senhor Presidente da República nas responsabilidades que lhe serão assacadas», disse.
Segundo Mário Soares, Portugal está a passar por esta situação «porque o Governo é totalmente incompetente, está agarrado à ideologia neoliberal e à chamada austeridade, que destrói o Estado social, empobrece o povo”, numa conjuntura que regista já “mais um milhão de desempregados».
«As pessoas estão desesperadas, sofrendo os cortes sucessivos e anticonstitucionais. A austeridade imposta pela troika (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia) está à vista de todos: leva-nos ao desastre se não mesmo ao abismo», sustentou.
Mário Soares apelou à acção dos portugueses contra «o medo, pela liberdade, pelo diálogo, pela conjugação de vontades», em nome de uma atitude patriótica.

Quando este, que tantas culpas tem em que tantos bandidos sejam hoje o que são e Portugal esteja no estado em que está, ainda acaba como o líder da oposição isso só mostra os estado a que chegámos. Está na hora de ir para as ruas, ocupá-las e exigir a dignidade que nos roubaram.

31
Maio
13

Santa Tecnoforma, inocência garantida

passos coelho miguel relvas santa tecnoforma

30
Maio
13

Ai que semanas difíceis as do Sr. Ministro.

vitor gaspar angela merkel passos coelho ajoelhou tem de pagar

 Vítor Gaspar pediu “simpatia pelas difíceis semanas” que tem vivido “como adepto do Benfica”.

Pena que não tenha simpatia pelo povo do seu país pelos difíceis anos que têm vivido e que continue a roubá-lo e a espolia-lo dos seus direitos e dignidade. Pena que não tenha simpatia por aqueles que caíram no desemprego, na fome e na miséria devido às suas ideias e politicas de austeridade. E é este sacana que vem pedir simpatia porque tem tido umas semanas difíceis porque o seu clube de futebol perdeu.  Vá á merda Sr. Ministro. Vá morrer longe que gente como você só merece o nosso desprezo e vómito. Bandalho.

 

30
Maio
13

Exorcismo para Belém

cavaco silva papa francisco o ultimo exorcismo

Só fiz este boneco porque o meu amigo Arrebenta me fez a “encomenda dizendo que tem um texto na cabeça e só lhe faltava a imagem. Agora é só aguardar que o melhor escritor do hiper-realismo o passe para o papel e o publique. Vale sempre a espera.

 

29
Maio
13

Mais um tiro no submarino

paulo portas pedro mota soares o segredo de portas o desprezivel

“Paulo Portas tem sido chantageado pelo governo por causa do processo dos submarinos e dos carros de combate Pandur. Quando, pela primeira vez, Portas admitiu que estava a ponderar se ficava ou não, o caso dos submarinos voltou à primeira linha. E isso obriga-o a continuar no governo. O medo é que manda na vinha…”, afirma Mário Soares numa entrevista publicada  no jornal i.

O Mário Soares que tantas vezes e tanto tempo esteve no poder, de quem tanto se falou por isto e por aquilo, deve saber daquilo que fala. Será para os ter na mão que a mão do poder, daquelas por detrás dos arbustos, os vai livrando da justiça e os inquéritos terminam todos em nada. Uma mão lava a outra e outras mãos lavam as duas. Se é a isto a que chamam democracia então está mesmo na hora e é mesmo necessário exigirmos uma outra democracia mais verdadeira e controlada por todos nós. Quanto aos submarinos e aos Panduros há muito que muita gente devia estar presa.

29
Maio
13

Um acaciano em Belem

cavaco silva revista palhaco

Há pouco ouvi o horrendo personagem do Augusto Santos Silva surpreender-me e dizer algo inteligente quando comentava a afirmação do Miguel Sousa Tavares em que chamava palhaço ao Cavaco Silva. Sugeriu que lhe chamássemos antes acaciano. Parece-me bem, não porque o termo palhaço não pareça mais adequado, mas porque, contrariamente ao Sr. Silva,  os palhaços me merecem respeito.

28
Maio
13

Até da voz dos donos já têm medo

Jeroen Dijsselbloem Vitor Gaspar quem nao quer ser urso

Conferência de imprensa no Ministério das Finanças com Vítor Gaspar e Jeroen Dijsselbloem.  o jornalista Anselmo Crespo, da SIC. decide fazer duas questões em português ao presidente do Eurogrupo:
«Eu gostava de saber se foi ou não foi pedido pelo Governo português para se discutirem nas próximas reuniões do Eurogrupo um ajustamento do défice do próximo ano de 4 para 4,5% e se é esse o tipo de ajustamento que poderá vir a ser necessário. Gostava também de lhe perguntar como vê a crise da coligação e se de alguma forma fica preocupado com as divergências que existem na coligação e na eventualidade de uma crise política em Portugal». O holandês respondeu educadamente, sem entrar em polémicas, mas Vítor Gaspar aproveitou para demonstrar o seu desagrado.
«Relativamente à questão da existência de um pedido do Governo português, confesso que não consigo deixar de registar a deselegância de fazer a pergunta a um político estrangeiro na presença do representante do Governo português mandatado para conduzir essas negociações. Parece-me que ter essa atitude em Portugal e no Ministério das Finanças é uma atitude de uma enorme deselegância».
Inelegância? Porquê? Porque o Presidente do Eurogrupo respondeu que um ajustamento do défice era possível mas era necessário um pedido do governo português mas que isso não fora feito? Por se ficar a saber que o Ministro diz uma coisa cá dentro e faz outra lá fora? Que nos mente? Não precisa de ficar assim, afinal nós já há muito que o sabíamos e, quando se faz uma conferencia de imprensa conjunta o objectivo é que os jornalistas façam as perguntas que querem a quem querem. Deselegante é mostrar que receia as respostas do seu convidado e que elas o desmintam. Deselegante e desonesto.



Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 693,964 hits


%d bloggers like this: