Arquivo de Maio, 2013

31
Maio
13

Há umnovo líder no maior partido da oposição?

mario soares pacheco pereira antonio jose seguro soartacus

Lisboa – O ex-chefe de Estado Mário Soares declarou esta sexta-feira, na conferência «Libertar Portugal da austeridade» na Aula Magna de Lisboa, que não considera este Governo legítimo e que a austeridade está a levar Portugal para o «abismo».

«O Presidente da República tem feito tudo para proteger este Governo, que considera legítimo, mas não é verdade que o seja. Quando o povo, que é quem mais ordena, se manifesta praticamente todos os dias contra um Governo que elegeu com base em falsas promessas, que ignora a Constituição da República, não pode nem deve ser considerado legítimo», afirmou esta sexta-feira Mário Soares.
Mário Soares considera que Cavaco Silva «será o responsável pela perda de paciência e de pacifismo que temos tido até agora». O antigo Presidente da República adverte que, se a situação não mudar, o povo pode tornar-se «progressivamente mais violento». «Pense senhor Presidente da República nas responsabilidades que lhe serão assacadas», disse.
Segundo Mário Soares, Portugal está a passar por esta situação «porque o Governo é totalmente incompetente, está agarrado à ideologia neoliberal e à chamada austeridade, que destrói o Estado social, empobrece o povo”, numa conjuntura que regista já “mais um milhão de desempregados».
«As pessoas estão desesperadas, sofrendo os cortes sucessivos e anticonstitucionais. A austeridade imposta pela troika (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia) está à vista de todos: leva-nos ao desastre se não mesmo ao abismo», sustentou.
Mário Soares apelou à acção dos portugueses contra «o medo, pela liberdade, pelo diálogo, pela conjugação de vontades», em nome de uma atitude patriótica.

Quando este, que tantas culpas tem em que tantos bandidos sejam hoje o que são e Portugal esteja no estado em que está, ainda acaba como o líder da oposição isso só mostra os estado a que chegámos. Está na hora de ir para as ruas, ocupá-las e exigir a dignidade que nos roubaram.

31
Maio
13

Santa Tecnoforma, inocência garantida

passos coelho miguel relvas santa tecnoforma

30
Maio
13

Ai que semanas difíceis as do Sr. Ministro.

vitor gaspar angela merkel passos coelho ajoelhou tem de pagar

 Vítor Gaspar pediu “simpatia pelas difíceis semanas” que tem vivido “como adepto do Benfica”.

Pena que não tenha simpatia pelo povo do seu país pelos difíceis anos que têm vivido e que continue a roubá-lo e a espolia-lo dos seus direitos e dignidade. Pena que não tenha simpatia por aqueles que caíram no desemprego, na fome e na miséria devido às suas ideias e politicas de austeridade. E é este sacana que vem pedir simpatia porque tem tido umas semanas difíceis porque o seu clube de futebol perdeu.  Vá á merda Sr. Ministro. Vá morrer longe que gente como você só merece o nosso desprezo e vómito. Bandalho.

 

30
Maio
13

Exorcismo para Belém

cavaco silva papa francisco o ultimo exorcismo

Só fiz este boneco porque o meu amigo Arrebenta me fez a “encomenda dizendo que tem um texto na cabeça e só lhe faltava a imagem. Agora é só aguardar que o melhor escritor do hiper-realismo o passe para o papel e o publique. Vale sempre a espera.

 

29
Maio
13

Mais um tiro no submarino

paulo portas pedro mota soares o segredo de portas o desprezivel

“Paulo Portas tem sido chantageado pelo governo por causa do processo dos submarinos e dos carros de combate Pandur. Quando, pela primeira vez, Portas admitiu que estava a ponderar se ficava ou não, o caso dos submarinos voltou à primeira linha. E isso obriga-o a continuar no governo. O medo é que manda na vinha…”, afirma Mário Soares numa entrevista publicada  no jornal i.

O Mário Soares que tantas vezes e tanto tempo esteve no poder, de quem tanto se falou por isto e por aquilo, deve saber daquilo que fala. Será para os ter na mão que a mão do poder, daquelas por detrás dos arbustos, os vai livrando da justiça e os inquéritos terminam todos em nada. Uma mão lava a outra e outras mãos lavam as duas. Se é a isto a que chamam democracia então está mesmo na hora e é mesmo necessário exigirmos uma outra democracia mais verdadeira e controlada por todos nós. Quanto aos submarinos e aos Panduros há muito que muita gente devia estar presa.

29
Maio
13

Um acaciano em Belem

cavaco silva revista palhaco

Há pouco ouvi o horrendo personagem do Augusto Santos Silva surpreender-me e dizer algo inteligente quando comentava a afirmação do Miguel Sousa Tavares em que chamava palhaço ao Cavaco Silva. Sugeriu que lhe chamássemos antes acaciano. Parece-me bem, não porque o termo palhaço não pareça mais adequado, mas porque, contrariamente ao Sr. Silva,  os palhaços me merecem respeito.

28
Maio
13

Até da voz dos donos já têm medo

Jeroen Dijsselbloem Vitor Gaspar quem nao quer ser urso

Conferência de imprensa no Ministério das Finanças com Vítor Gaspar e Jeroen Dijsselbloem.  o jornalista Anselmo Crespo, da SIC. decide fazer duas questões em português ao presidente do Eurogrupo:
«Eu gostava de saber se foi ou não foi pedido pelo Governo português para se discutirem nas próximas reuniões do Eurogrupo um ajustamento do défice do próximo ano de 4 para 4,5% e se é esse o tipo de ajustamento que poderá vir a ser necessário. Gostava também de lhe perguntar como vê a crise da coligação e se de alguma forma fica preocupado com as divergências que existem na coligação e na eventualidade de uma crise política em Portugal». O holandês respondeu educadamente, sem entrar em polémicas, mas Vítor Gaspar aproveitou para demonstrar o seu desagrado.
«Relativamente à questão da existência de um pedido do Governo português, confesso que não consigo deixar de registar a deselegância de fazer a pergunta a um político estrangeiro na presença do representante do Governo português mandatado para conduzir essas negociações. Parece-me que ter essa atitude em Portugal e no Ministério das Finanças é uma atitude de uma enorme deselegância».
Inelegância? Porquê? Porque o Presidente do Eurogrupo respondeu que um ajustamento do défice era possível mas era necessário um pedido do governo português mas que isso não fora feito? Por se ficar a saber que o Ministro diz uma coisa cá dentro e faz outra lá fora? Que nos mente? Não precisa de ficar assim, afinal nós já há muito que o sabíamos e, quando se faz uma conferencia de imprensa conjunta o objectivo é que os jornalistas façam as perguntas que querem a quem querem. Deselegante é mostrar que receia as respostas do seu convidado e que elas o desmintam. Deselegante e desonesto.
28
Maio
13

Sem senso nem consenso

antonio jose seguro sem senso nenhum

Tenho andado sem muito tempo para fazer os meus bonecos, para escrever seja o que for  e até para ter ideias para os fazer, infelizmente não pelas razões que eu gostava. As minhas desculpas e espero que seja só uma fase passageira.

 

27
Maio
13

Piratas no Governo

aguiar branco brincar com a tropa

Na cerimónia de comemoração do Dia da Marinha, realizada ontem no Barreiro, o chefe do Estado Maior da Armada, Saldanha Lopes, falou da situação actual. “Durante o ano transacto, apenas efectuámos as acções de treino e manutenção estritamente necessárias à manutenção dos níveis mínimos de operacionalidade. Neste contexto pode tudo isto parecer normal, mas devo alertar que não é possível prolongar esta situação por mais tempo, pois estamos a navegar e a operar no limite”, salientando que é necessário garantir os níveis de operacionalidade dos meios, para diminuir o risco de acidente.
A presidir a cerimónia estava o ministro da Defesa, Aguiar-Branco, que declarou que a reforma 2020 vai aumentar a capacidade operacional das Forças Armadas.

Confesso que as guerras sempre me pareceram uma coisa estúpida e a pior forma de resolver os problemas. Sempre foram uma forma de opressão, de conquista de poder e um negócio. Não sou por isso um fã das forças armadas e num mundo como deve ser os exércitos não deveriam existir. Seria preferível ter essa gente preparada para a protecção civil e para a ajuda aos cidadãos. A Marinha estaria muito melhor a fazer investigação e protecção dos recursos marítimos. Mas, como querem ter tropa neste país então que sirva para qualquer coisa e faça a sua função que é defender a independência e a soberania. Corra com esta corja de traidores que o povo lhes agradece.

27
Maio
13

Nem com vaselina se aguenta

paulo Portas Passos Coelho sex list

26
Maio
13

O Guru da economia

alvaro santos pereira the legend

25
Maio
13

A Tasca da Assembleia da Republica

assunçao esteves casa de pasto ar

Um jornalista tomou pequeno-almoço, almoçou, lanchou, jantou, e apanhou uma bebedeira por apenas 13,30 € no Bar/Restaurante da Assembleia da República.
A propósito de uma tabela de preços do bar da AR (Assembleia da República), postada ontem na página do facebook da Maior Tv, um comentário de um dos nossos leitores lançou-me o desafio. Escreveu ele: “gostava era de saber como é que ainda há pessoas que acreditam nisto!!!! Percam tempo com coisas concretas e inventem menos!!”
Pois bem, seguindo o conselho deste nosso leitor, vamos então “perder” um pouco do nosso tempo com coisas sérias.
Consta do Orçamento da AR para este ano (publicado em Diário da República) a rubrica: “Serviços de restaurante, refeitório e cafetaria – 960.850,00” (quase 1 milhão de euros). Prevendo-se a receita de 260 mil euros proveniente da venda de senhas de refeição. Isto é: tendo em conta o preço de custo, as receitas não ultrapassam os 30 por cento, o que equivale a uma venda abaixo de custo na ordem dos 70 por cento.
Mas pior do que isto, é o facto de ser o povo português a pagar a diferença que existe entre os 260 mil e os 960 mil euros.
Para que não restem dúvidas, o povo português paga cerca de 700 mil euros/ano para que os deputados da AR comam e bebam do melhor.
Segundo o caderno de encargos, no refeitório terá de ser servido:
Sopa: normal e dieta (obrigatoriamente elaborada com base em vegetais frescos e/ou congelados, sendo proibido o uso de bases pré-preparadas. São admissíveis sopas com elementos proteicos uma vez por semana – sopa de peixe, canja de galinha, etc.).
Carne, peixe, dieta, opção, Bitoque. Pão, integral ou de mistura; Salada; Sobremesas incluindo, no mínimo, 4 variedades de fruta e 4 de doces/bolos/sorvete, além de maçã assada e salada de frutas.
Exige ainda o caderno de encargos, uma mesa com complementos frios (saladas), com no mínimo 8 variedades entre as quais se incluem, obrigatoriamente, tomate, alface e cenoura, além de molhos e temperos variados.
Uma mesa com um prato vegetariano e mais 4 componentes quentes vegetarianos (cereais, leguminosas e legumes).
Sobre os ingredientes é exigido o seguinte:
Café: “O café para serviço nas Cafetarias deverá ser de 1ª qualidade, em grão para moagem local, observando lotes que incluam um mínimo de 50% de “arábica” na sua composição”.
Bacalhau: “O Bacalhau deverá ser obrigatoriamente da espécie Cod Gadusm morhua. Pode apresentar-se seco para demolha, fresco ou demolhado ultracongelado, observando-se como tamanho mínimo 1 Kg (“crescido”), para confecções prevendo “desfiados” (à Brás, com natas ou similares) ou 2 Kg (“graúdo”) para confecções “à posta”.
Carnes de Aves: “Peru (inteiro em carcaças limpas com peso superior a 5 Kg, coxas, bifes obtidos exclusivamente por corte dos músculos peitorais). Frango (inteiro em carcaças limpas com peso aproximado 1,2 Kg, coxas e antecoxas, bifes obtidos exclusivamente por corte dos músculos peitorais).
Agora vamos aos preços
Um jornalista meu amigo tomou pequeno-almoço, almoçou, lanchou, jantou, e apanhou uma bebedeira por apenas 13,30 € no Bar/Restaurante da AR.
Recorde-se que as refeições escolares no ensino básico atingem os 3,80 euros. O jornalista comparou os preços do bar da Assembleia da República frequentado por deputados e ministros, e ficou abismado.
Eram 8 da manhã. O jornalista pediu um café e um bolo de arroz, afim de tomar o pequeno-almoço, tendo pago 15 cêntimos, 5 do café e 10 do bolo.
Vendo ali “mama da grossa”, o jornalista bebeu 10 (Dez), repito 10 minis, tendo pago apenas 1 euro, (pois cada mini custa apenas 10 Cêntimos)!
A meio da manhã, o jornalista “mamou” um gin Bombay Sapphire (1,65 euros), e já perto do Almoço um vodka Eristoff (1,50 euros), para abrir o apetite.
Ao almoço, o jornalista comeu gambas, camarão tigre, lavagante, sapateira, queijo da Serra, presunto de Barrancos, garoupa e bife do lombo, regado com Palácio da Bacalhoa, por 3 euros!
Depois e para rematar um whisky Famous Grouse, que custou (2 euros).
Já de tarde solicitou uma garrafa de champanhe Krug (3 euros a garrafa) e caviar beluga (1 euro).
O jornalista passou a tarde no bar da AR, rodeado das deputadas Rita Rato (PCP), Francisca Almeida (PSD), Ana Drago e Marisa Matias do (BE).
Assim, por tudo isto, o meu amigo jornalista gastou qualquer coisa como13,30 €uros, num pequeno-almoço, almoço de marisco, com entradas de queijo da serra, presunto e caviar, com vinho do Palácio da Bacalhoa, e pelo meio alternadamente bebeu whisky, vodka e gin, rematando com champanhe Krug.
Obviamente saiu com uma piela de caixão à cova, mas que foi barato lá isso foi…
Agora sim, acabamos de perder um pouco do nosso tempo com coisas sérias.
Vítor Santos

25
Maio
13

Pode não ser casamento,… mas é uma União de facto

passos coelho paulo portas sabor a merda

 

24
Maio
13

Uma palhaçada em Belém

cavaco silva palhaço mor

Em entrevista ao Jornal de Negócios, Miguel Sousa Tavares chamou “palhaço” a Cavaco Silva, o que levou o Presidente da República a pedir à Procuradora-Geral da República (PGR) uma avaliação sobre as declarações com incidência sobre um eventual atropelo do artigo do Código Penal que pune qualquer tipo de “ofensa à honra” do chefe de Estado. A PGR vai assim verificar se as declarações de Miguel Sousa Tavares constituem um atropelo àquele artigo. E de acordo com o Código Penal, “quem injuriar ou difamar o Presidente da República (…) é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa”.

Não que eu seja um admirador do Sousa Tavares, mas a realidade é que, neste caso, quem diz a verdade não merece castigo. Parece-me por isso que todos nós, e peço desde já desculpa aos verdadeiros Palhaços que não merecem de forma nenhuma ser associados a tal personagem, por todos os meios que possamos chamemos palhaço ao Sr. Silva. Por voz, escrita ou imagem vamos todos incorrer no tal crime e esperar que o dito palhaço nos acuse de o injuriarmos e difamarmos. Ele que processe o país todo que isso não vai fazer com que deixe de ser aquilo que é.

 

24
Maio
13

Gaspar, o louco

vitor gaspar completamente louco

 Ontem, passei por um rádio onde falava o Vitor Gaspar que fazia um balanço daquilo a que chamava de programa de ajustamento. Se não vivesse aqui ou se fosse totalmente alucinado acreditaria que tudo está a correr extremamente bem. As medidas de austeridade necessárias da fase um e depois mais não sei o quê da fase dois do programa, mais os bancos a fase três, a quatro e sei lá que mais. Tudo uma maravilha, tudo a correr de uma forma perfeita. Agora vem mais a fase dos mercados e a do investimento. Há 4 meses batemos no fundo dos infernos mas agora já caminhamos para o paraíso. Tudo isto seria lindo se os números não fossem o que são. Ainda hoje se soube que o défice se agravou em mais de mil milhões só de Março para Abril, a nossa dívida externa nunca foi tão alta em relação ao PIB que nunca foi tão baixo. Até as exportações sofrem quedas e não fosse os portugueses e a economia estarem de tanga e não poderem importar nada lá se ia a balança de transacções, a recessão afunda e o desemprego acelera.  A miséria já se tornou paisagem e não há uma previsão do governo que não se mostre errada e sempre para pior.
Onde vai o Gaspar buscar todo este optimismo e satisfação? Só pode ser à loucura, não de acreditar no que diz pois sabe muito bem que só os seus donos estão satisfeitos, mas de acreditar que nós acreditamos no que diz. Interne-se o animal, não num manicómio mas sim na mais profunda masmorra como criminoso e traidor que é. Ele e toda a a corja que o apoia na sua loucura.

 




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 718.262 hits


%d bloggers like this: