Archive for the 'Economia' Category

30
Out
13

O Milagre económico de Portugal

pires de lima milagre economico

O ministro da Economia, António Pires de Lima, salientou que a recuperação da economia portuguesa nos últimos meses e deixou a esperança de que “amanhã, depois de amanhã”, se possa baixar os impostos. Na sua intervenção nas jornadas parlamentares conjuntas PSD/CDS, a decorrer na Assembleia da República, afirmou que “O Governo fez a sua parte, mas o principal mérito do milagre econômico são as empresas.

A este milagre do Pires de Lima não resisti. 

23
Out
13

Burros e mentirosos

pires lima mete o sobretudo

O ministro da Economia, António Pires de Lima, garantiu nesta segunda-feira em entrevista à Reuters que o Governo quer negociar um programa cautelar com Bruxelas e que o executivo conta começar as negociações deste programa nos primeiros meses de 2014. (Lusa e PÚBLICO 21/10/201)

O ministro da Economia afirmou nesta terça-feira que o Governo não está a preparar um programa cautelar, garantindo que o executivo “está totalmente coeso e unido” para concluir o actual programa financeiro. “Não há nenhuma preparação nem eu tenho autoridade [para isso] porque não é o Ministério da Economia [que trata]. Não está a ser preparado”, acrescentou. (Lusa e PÚBLICO 22/10/2013).

 

Esta gente parece acreditar que o que dizem lá por fora não é ouvido em Portugal e consequentemente que o que dizem cá não é ouvido lá por fora. Que a sua credibilidade não vale um chavo já nós sabemos, agora o que pensarão nesta Europa e neste mundo os que o ouvem dizer uma coisa e no dia seguinte o seu oposto? Esta gente nem trafulha sabe ser e mente com todos os dentes e ainda espera que acreditemos neles. Quanto tempo mais vamos ter de aturar gente destas? Já todos sabemos que mais dia menos dia estaremos a assinar mais um memorando ou programa cautelar ou o que lhe quiserem chamar que nos vai obrigar a mais austeridade, mais sacrifícios e mais pobreza. Já todos sabemos que os mercados e os ladrões internacionais do grande capital não vão largar o osso enquanto houver uma empresa pública, um direito ou um euro que possam vira cá saquear. Só é pena que nem todos saibamos ainda que a única solução que nos resta é correr com esta cambada e cortar com este sistema que nos escraviza em nome do lucro especulador. Pena é que permitamos que esta gente nos continue a roubar impunemente.

 

29
Jul
13

Este nem para aldrabão serve

Passos Coelho

O primeiro-ministro afirmou hoje que o país não consegue recuperar a economia para o futuro aumentando impostos e considerou que a carga fiscal elevada é um desincentivo ao investimento das empresas.
 
O mesmo palhaço que aumentou os impostos como nunca ninguém tinha feito fazendo ouvidos moucos a quem dizia que isso ia destruir a economia e as familias portuguesas vem agora dizer que assim não pode ser como se a culpa fosse de outros. Claro que o objectivo não é baixar os impostos a quem trabalha mas simplesmente baixar o IRC para beneficio do grande capital. Hipócrita, mentiroso, aldrabão. E mais não digo para não ficar mais mal disposto.

 

26
Jul
13

Alvaro o adeus do super emigrante

alvaro santos pereira o adeus emigrante

 

Não podia deixar o Álvaro ir-se embora sem me despedir aqui dele. O homem veio do frio do Canadá porque tinha um blog sobre neo-liberalismo que o Passos Coelho gostava de ler. Claro que uma coisa é escrever umas parvoices num blog outra é realmente saber o que fazer quando se é ministro e sobretudo quando se lhe oferece um super-ministério. Deu merda e a única coisa que o tornou famoso foram os pasteis de nata, as bandeirinhas de portugal, o andar pelo ministério a apagar as luzes para poupar, os diversos anuncios do fim da crise e claro o sorriso de parvo. Na verdade também teve o azar de ser um ninistro da economia sem dinheiro para a economia e num governo fortemente empenhado em a destruir com um Gaspar que lhe perguntava quais das três palavras “não há dinheiro” não entendia. Foi um mau ministro mas sem dúvida uma mais valia para os meus bonecos e alguém a quem era sempre possivel recorrer quando não tinha nenhuma ideia. Agora que se foi já aparecem alguns a dizer que foi por fazer frente aos lobis mas sejamos honestos. O homem era uma nulidade e na realidade nunca fez nada de nada. Mais um que se vai e não deixa saudades mas nenhum deixa.

02
Jul
13

Bum Catrapum lá vai o Gaspar

vitor gaspar catrapum

O Vitor Gaspar pediu finalmente a demissão por não se sentir apoiado no governo e mal amado pelos cidadãos. Demorou tempo a perceber, que a inteligência é coisa que por ali parece ser inversamente proporcional à teimosia, mas lá acabou por entender. Valeu por isso a pena todos os protestos que foram feitos, todos os nomes que lhe chamaram. Sai triste como triste está o país que deixa. A diferença é que rapidamente lhe vão arranjar um tacho enquanto mais de um milhão de portugueses vai continuar no desemprego e muitos milhões a viver na pobreza e na miséria num país destruído e sem economia. Triste legado nos deixa. E o pior é que quem o substitui não dá garantias nenhumas de ser melhor. Mesmo assim, vai-te embora Gaspar que não deixas saudades.

29
Jun
13

Ressaca e ….muita azia

vitor gaspar passos coelho paulo portas cavaco silva hangover

 

24
Maio
13

Gaspar, o louco

vitor gaspar completamente louco

 Ontem, passei por um rádio onde falava o Vitor Gaspar que fazia um balanço daquilo a que chamava de programa de ajustamento. Se não vivesse aqui ou se fosse totalmente alucinado acreditaria que tudo está a correr extremamente bem. As medidas de austeridade necessárias da fase um e depois mais não sei o quê da fase dois do programa, mais os bancos a fase três, a quatro e sei lá que mais. Tudo uma maravilha, tudo a correr de uma forma perfeita. Agora vem mais a fase dos mercados e a do investimento. Há 4 meses batemos no fundo dos infernos mas agora já caminhamos para o paraíso. Tudo isto seria lindo se os números não fossem o que são. Ainda hoje se soube que o défice se agravou em mais de mil milhões só de Março para Abril, a nossa dívida externa nunca foi tão alta em relação ao PIB que nunca foi tão baixo. Até as exportações sofrem quedas e não fosse os portugueses e a economia estarem de tanga e não poderem importar nada lá se ia a balança de transacções, a recessão afunda e o desemprego acelera.  A miséria já se tornou paisagem e não há uma previsão do governo que não se mostre errada e sempre para pior.
Onde vai o Gaspar buscar todo este optimismo e satisfação? Só pode ser à loucura, não de acreditar no que diz pois sabe muito bem que só os seus donos estão satisfeitos, mas de acreditar que nós acreditamos no que diz. Interne-se o animal, não num manicómio mas sim na mais profunda masmorra como criminoso e traidor que é. Ele e toda a a corja que o apoia na sua loucura.

 

10
Maio
13

Realidade, o azeite da política, vem sempre ao de cima

vitor gaspar afundar final

De acordo com os dados publicados nesta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego passou de 16,9% no final de 2012 para 17,7% no primeiro trimestre deste ano, um novo máximo histórico em Portugal.  Só com origem no sector da agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca aumentou 53,1% nos primeiros três meses do ano, face ao trimestre anterior.
Pelo segundo mês consecutivo, a saída de bens nacionais para o estrangeiro está em queda. Em Março, e quando comparado com o mesmo mês do ano passado, as exportações nacionais caíram 2,8%, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística. Já em Fevereiro as exportações caíram 2,6% em relação ao mesmo período de 2012.

E podíamos continuar por ai fora que de número em número nada parece melhorar, da recessão ao valor da divida externa. O que é mau sobe, o que é bom desce. Este é o resultado das politicas deste governo e da Troika, mas nada muda a não ser os sacrifícios que nos impõem que todos os dias aumentam.
O Gaspar é doido e obcecado, o Coelho é parvo e teimoso e o Cavaco anormal e cobarde. Uma combinação de gentinha reles e canalha que só podia dar mau resultado como se vê. Eles afundam o país e tal como no Titanic, a primeira classe embarca nos salva vidas e os outros vão ao fundo.

10
Maio
13

Economia para tótos

alvaro santos pereira professor alvaro o mago

 

01
Maio
13

O baile dos aldrabões

vitor gaspar alvaro santos pereira a danca dos aldraboes

Ontem enquanto numa sala do parlamento o Álvaro dizia que agora é que é, que  a economia vai arrancar a todo o vapor, que se vão criar empregos e tudo vai melhorar na sala ao lado o Vitor Gaspar informava que afinal não são 4 mil milhões mas sim 6 que vão cortar até 2016. A bota não bate com a perdigota e enquanto um avisa o outro faz o discurso que muitos desejam ouvir. Os dois mentem, um porque promete o que sabe não ir acontecer e o outro porque sabe que as suas previsões vão falhar como falharam todas as anteriores. Ambos pertencem a um  governo de gatunos vendidos aos mercados, ambos trabalham para os mesmos donos e ambos um dia deixarão o governo com as suas vidas resolvidas e Outros ocuparão os seus cargos e continuarão o seu trabalho sujo num país entregue nas mãos de especuladores gananciosos.

25
Abr
13

O imbecil

alvaro santos pereira genio plano estrategico

19
Abr
13

As duas faces da hipocrisia

christine lagarde as duas caras do FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defende a adopção de políticas de crescimento que promovam o emprego nos países sob programa de resgate. A garantia foi dada esta quinta-feira pela directora do FMI Christine Lagarde nas reuniões da primavera do FMI , em Washington.

Enquanto os seus jagunços estão em Portugal a exigir mais austeridade, mais destruição de emprego e da economia, nas reuniões internacionais a hipocrisia reina e defendem o contrário daquilo que impõem aos países sob o seu jugo. O FMI com duas caras, uma falsa bondosa e sorridente  e outra de gatunos e assassinos que são. Sim, porque o FMI mata gente nos países onde crava as suas garra. FMI fora daqui, já.

 

09
Abr
13

A saga continua

vitor gaspar maos de tesoura e a arvor das patacas

Felizmente há algum tempo que me deixei de assistir a noticiários nas nossas televisões por uma questão de sanidade mental, mas hoje, nem sei porquê resolvi sentar-me em frente ao televisor e carregar no botão. Fiquei completamente horrorizado com a campanha a que assisti. Desde a chantagem dos nossos “amigos” europeus que ameaçam cortar com o dinheiro, ao arrebanhar de comentadores, uns para criticarem o Tribunal Constitucional por ter cumprido com a sua função de fazer respeitar a lei inscrita na Constituição,  outros para nos mostrarem já onde o governo vai obrigatoriamente ter de cortar, na saúde, na educação e na segurança social, com a sugestão de milhares de despedimentos na função pública. Eram 2 mil milhões aqui, mais 700 milhões acolá, mais 1500 milhões noutro lado, mais mil milhões por todo lado. Aquilo somado dava muitos milhares de milhões sem haver quem dissesse que o Tribunal Constitucional só cortou 1300 milhões. Se fizerem todos os cortes que foram anunciando vamos ser um país riquíssimo heio de gente sem um pão para comer. É que nos jornais os cortes já se transformam em mais impostos e o IRS para os funcionários públicos vai subir. É um fartar vilanagem. Mas não refilem, tenham medo porque já paira a ameaça de não haver dinheiro para pagar os salários de Abril (a próxima tranche de ajuda só estava prevista chegar em Maio), Este país entrou em loucura e a comunicação social já está a fazer a cabeça das pessoas para a inevitabilidade, para aguentarem e calarem. Ah, e afinal o tal relatório do FMI, a dizer aquilo que o governo pediu para lá vir escrito e que era só um estudo, uma achega ao debate da “refundação do estado” agora já é a Bíblia dos próximos tempos e há que começar a cumprir com os seus mandamentos.  Mais gente para o desemprego, mais cortes nos salários, nos subsídios, aumento das taxas moderadoras, das propinas, dos horários de trabalho, da idade da reforma e sei la´que mais. Ah, e para a semana troika vem de novo a Portugal entregar mais um caderninho de exigências e medidas e quem sabe um segundo resgate. Realmente não somos a Grécia mas alguém me vai ter de explicar a diferença que não seja um ano de atraso na rota da miséria.
O Bastonário da Ordem dos Médicos já veio avisar que se houver mais cortes na saúde há o perigo de começarem a morrer mais gente nos hospitais por falta de condições. A Troika mata e tudo em nome do lucro, dos mercados.

Num país onde o Mexia da EDP ganha 8500 euros por dia e onde o tal bandalho do Ulrich, veio dizer que os portugueses aguentam, a pergunta a fazer. Vamos mesmo aguentar ou vamos dizer basta? vamos ficar parados a assistir a mais esta vergonha? Vamos ficar à espera que alguém se lembre de convocar mais uma manifestação para daqui a uns meses?

14
Mar
13

Mais uma reunião de Donos e dos seus Sabujos

passos coelho trela

Mais um Conselho Europeu para chefes de Estado e os seus  sabujos de estimação. Os Senhores da Europa vão-se reunir mais uma vez para decidirem a melhor forma de resolverem os seus problemas e dar as suas ordens a outros que também por lá andarão de língua de fora a beijar mãos e engraxar  sapatos. Se estamos à espera que dali saia alguma coisa que ajude a resolver os nossos problemas bem podemos perder já a esperança pois tudo o que podemos contar é com um Passos Coelho ainda mais obediente e submisso. Dali só virá mais austeridade, mais cortes e mais problemas. Talvez esteja na altura de se pensar se queremos realmente fazer parte de um clube como este que nos retira soberania, liberdade e democracia. A Grécia está como está e até já existem ordens de a calamidade social que por lá se vive não poder ser noticiada pelos órgãos de informação em toda a Europa. Nós estamos a correr para lá rapidamente.

11
Mar
13

Crime organizado

VITOR GASPAR PADRINHO

O Instituto Nacional de Estatística confirmou, esta segunda-feira, que no ano passado a economia portuguesa sofreu a mais profunda recessão desde 1975, atingindo os -3,2% do Produto Interno Bruto.

A cada mês que passa os resultados só pioram. Aumenta o desemprego, a dívida, a queda das exportações e do PIB e de mais não sei quantos indicadores económicos que nem sei o querem dizer. Boas noticias nem uma e o governo acerta menos nas suas previsões que eu no Euromilhões. Ao fim de dois meses este Orçamento de Estado já está completamente falhado e sempre para pior. Como o Vitor Gaspar não é burro isto só quer dizer que aquilo que está a acontecer é planeado e serve os interesses de alguém. Se não são os nossos nem os do país só pode estar ao serviço dos Mercados, da Grande Banca e Corporações Internacionais. Se isto não é trair o seu país não sei o que é e o Banana de Belém escreve prefácios de livros de discursos compactuando e fazendo dele cúmplice na traição. Rua com toda esta cambada e já.




Indignados Lisboa
Setembro 2020
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Blog Stats

  • 717.025 hits


%d bloggers like this: