Arquivo de Janeiro, 2011

31
Jan
11

Platini : um triste fim !

Vergonhoso !

Israel foi escolhido para organizar em 2013 o Campeonato de Europa dos sub-21 da UEFA. O Comité Executivo da UEFA encerrou ontem o primeiro dia da sua reunião inaugural de 2011 sob a direcção do presidente da UEFA, Michel Platini, esse mesmo que teria ameaçado expulsar Israel dos campeonatos europeus devido à situação dos jogadores palestinianos.

Será Platini um cata-vento? Terá ele cadáveres no seu armário que o lobby israelita terá ameaçado revelar? De qualquer dos modos, este homem que gozava de um respeito e de uma estima consideráveis passará a ser conhecido como aquilo em que ele se tornou: uma marioneta nas mãos do ocupante israelita.

Escolher enviar os jovens desportistas europeus jogar em Israel, quando se sabe o que sofrem os jovens palestinianos, é verdadeiramente abjecto.

Michel Platini escolheu esquecer de uma vez as 400 crianças massacradas por Israel em Gaza há dois anos e os milhares de outras mutiladas, que nunca mais poderão fazer desporto.

Michel Platini escolheu caucionar o bloqueio de Gaza que estrangula centenas de milhares de jovens palestinianos, deixando-os sem trabalho, sem futuro, sem possibilidade de estudar ou fazer desporto no estrangeiro.

Michel Platini escolheu ignorar o facto de a equipa palestiniana de futebol nem sequer poder treinar, uma vez que os seus jogadores estão proibidos de se encontrar.

Michel Platini escolheu encorajar os colonos israelitas e o seu exército que matam diariamente crianças, “juniores” precisamente.

Michel Platini vai levar jovens a jogar no país do apartheid que edificou altos muros, miradouros e arames farpados em terras palestinianas.

Michel Platini cospe sobre as centenas de crianças palestinianas actualmente detidas e torturadas por Israel.

Michel Platini está-se nas tintas para todos os jovens palestinianos cujas casas são demolidas em Jerusalém Leste e que são actualmente expulsos com as suas famílias.

Michel Platini tapa os ouvidos perante aos jovens israelitas que contam os abusos cometidos diariamente no seio do exército de ocupação israelita.

Michel Platini passará para a posterioridade como um homem que durante muito tempo fez crer que tinha princípios e que podia ser um exemplo para a juventude, mas que afinal não é mais que um fantoche.

O Euro 2013 não será o da « esperança » mas o do racismo.

Indigne-se ! Escreva à UEFA, a Platini e à Federação francesa de futebol :

Para escrever a Michel Platini : info@uefa.com

Para outros contactos :

Nathalie Boy de la Tour e Guillaume Nasli : contact@fondationdufootball.com

Jean-Pierre Escalettes (presidente da administração) : webmaster@fff.fr

CAPJPO-EuroPalestine 29.1.2011

Tradução do CSP
31
Jan
11

Um espantalho em Belém

Há momentos em que nos sentimos como se nos deslocássemos entre diversas dimensões em que o que é num lado no outro não existe. No mesmo dia em que ouvi o Presidente Obama fazer um discurso sobre a revolta libertadora que está a acontecer no Egipto, ouvi o nosso Sr. Silva dizer que tínhamos que compreender que como presidente não devia fazer comentários a esses acontecimentos. Claro que a afirmação do Cavaco foi anterior ao discurso do Obama, pelo que se lhe perguntarem agora talvez o Presidente de Portugal já tenha alguma coisa a dizer. Pelos vistos neste seu segundo mandato continua igual ao que foi no primeiro; fingido, fugidio, medroso e incapaz de assumir uma posição. Continua a ser um “espantalho” no Palácio de Belém, continua a não servir para nada.

30
Jan
11

Tau-tau que o menino portou-se mal

Este tinha que ser mesmo um boneco a preto e branco, tão velha é esta visão do paizinho que se zanga com o filho mas não pode deixar de gostar dele. Afinal são pobres de espírito que não compreendem a palavra da razão do PCP, um povo que se deixa enganar por preconceitos e populismo. Não estará na hora de o PCP olhar mais para dentro de si mesmo, de fazer uma auto-critica, de pensar onde falham na comunicação, no seu comportamento e no relacionamento com os outros? Ou é o PCP como aquela mãe que ao ver desfilar o seu filho com o passo trocado diz que são todos os outros que estão errados?
Este país necessita de um PCP que compreenda a necessidade da esquerda  poder ser alternativa de poder, da necessidade de dar a esses povo que temos
uma alternativa em que possam acreditar. Essa alternativa não pode ser conseguida sem o PCP, mas não é nem será só o PCP sozinho. Enquanto mantiver esta postura é ele o principal obstáculo à mudança urgente e necessária para travar o avanço do capitalismo selvagem.

30
Jan
11

Fome de poder

Outro facto que aconteceu esta semana foi a proposta feita pelo Paulo Portas ao Passos Coelho de unirem já os trapinhos numa coligação para chegarem ao governo. O Passos Coelho, que vive o dilema de saber se consegue ter uma maioria absoluta sem ter de repartir o poder ou se vai mesmo ter de o partilhar com o CDS, recusou afirmando que alianças, só depois das eleições.
Esta gente parece considerar que o “Pinóquio” Sócrates já está derrotado, mas parece-me que o estão a sub-avaliar. É que o homem é um “vendedor de banha-da-cobra” e uma insaciável fome de poder.
29
Jan
11

O grande sacrificio do Sr. Silva

Um dia destes dei uma vista de olhos aos arquivos deste blog e apercebi-me que ele conta um pouco a história e acontecimentos deste país, pelo menos da forma como eu os vi. Por isso, e embora a noticia já tenha dois ou três dias não posso deixar de aqui registar a magnânima e desprendida atitude do Sr. Silva em prescindir do ordenado de Presidente da Republica. Pelo menos foi essa a ideia que me ficou depois de durante um dia inteiro ter ouvido repetidamente as noticias que o proclamavam. Noticias em que se esqueceram de dizer que só prescindiu desse ordenado porque a lei o obriga a escolher entre o salário e as 4 pensões de reforma que já aufere. Claro que escolheu aquela onde ganha melhor, como qualquer um de nós teria feito. O que não havia necessidade era de a comunicação social fazer tanto alarido da primeira parte e esquecer-se de mencionar a segunda. Se calhar não repararam que ele já ganhou as eleições e não necessita de mais propaganda.
29
Jan
11

Uns têm…outros não

Médicos e enfermeiros portugueses que tinham horas extraordinárias por receber desde os últimos meses de 2010, não vão recebê-las por inteiro. A Direcção-Geral do Orçamento fez saber que os pagamentos vão sofrer cortes entre 3 e 10 por cento, de acordo com a nova tributação em vigor a partir deste mês.

Realmente este Estado e este estado de coisas está transformado no “vale tudo” e na pior sem vergonhaça  que se possa imaginar. Para os que trabalham para ele, o Estado, aproveita-se de ser mau pagador para cortar agora nos pagamentos do que devia ter pago a tempo e horas, ou seja no ano passado e com as regras de então. Em sentido contrário trata o grande capital, basta lembrar que nada fez para impedir que os dividendos da PT, Jerónimo Martins e outros que tais, fossem antecipados e pagos no final do ano anterior ao que normalmente são pagos, para pagarem menos imposto.
assim se vê que o problema do Estado não é arranjar dinheiro, é como arranjá-lo só a quem trabalha e menos tem, sem afectar os Senhores do grande capital. Assim se vê que há alternativas para sair da crise que não esta condenação à miséria e fome de uma grande parte da população. Assim se comprova que as “ordens” dadas pela Europa, e que os nosso  governantes tão rapidamente e diligentemente obedecem sem pestanejar,  não se preocupam minimamente com a desgraça social que criam mas sim nos interesses do grande capital internacional e na sua ganância.

28
Jan
11

Prendinhas para o Sr. Ministro

Eduardo Catroga deslocou-se ao Tribunal Central de Instrução Criminal para depor como testemunha do arguido José Penedos no caso “Face Oculta”. Questionado sobre a oferta e recebimento de presentes por parte de Penedos, a testemunha admitiu que ele próprio, enquanto Ministro,  sempre recebeu prendas de maior ou menor valor e que considera esta prática normal.

Ele pode considerar isso prática normal, mas deverá a justiça e os cidadãos considerar o mesmo. Um ex-ministro vir confessar que também ele recebeu muitas prendas valiosas e que isso é prática normal tem de nos deixar preocupados. Isso pressupõe a possibilidade, quase a certeza de tentativa de corrupção e compadrio. Senão porque dariam prendas aos políticos enquanto estes são Ministros. Ou é para pagar favores já feitos ou então futuros.
Oh Catroga, tem cuidado com o que confessas em público não vá a policia entrar-te pela porta dentro na Casa na Aldeia da Coelha quando estiveres a fazer uma festa com os teus vizinhos ou a cozinhar orçamentos de estado com o Teixeira dos Bancos.




%d bloggers like this: