Arquivo de Dezembro, 2010

31
Dez
10

O amigo americano

Luis Amado, a quem os Americanos chamam de bom amigo, tem insistido que pelo espaço aéreo e aeroportos de Portugal não passaram aviões da CIA com presos de ou para Guantanamo. Já todos percebemos que a verdade é bem diferente e que todas estas mentiras já não têm mais pernas para andar que não seja a teimosia e a recusa de admitir aquilo que já todos vêm claramente. Afirmou que se demitiria se algum caso fosse provado. Será já em 2011?

Anúncios
31
Dez
10

Quintas-feiras em Belém no ano da Graça de MMX

O Palácio de Belém na época da bandeira de crochet e do espartilho

30
Dez
10

Vamos brincar à caridadezinha

Último debate, o que nos quiseram convencer ser o mais importante. Afinal o sistema tem os seus candidatos e o resultado das eleições já decidido nos gabinetes dos Senhores da Nova Ordem. Mais uma perda de tempo e onde bastava ouvir o Sr. Silva a falar do Estado Social para o vomito vir logo ao de cima. É que para ele, estado social parecem ser as Instituições de Solidariedade social, num regresso ao passado da caridadezinha do bolorento Salazar.
O Alegre não é solução, nem os Nobres, os Chicos ou os Mouras, mas certo é que todos são melhores que esta feia e triste personagem chamado Cavaco. Mais uma vez digo, votem em quem desejarem, mas votem e votem contra esta “múmia” política.

30
Dez
10

2010 – O inverno do nosso descontentamento

Agora que o ano está a acabar vou tentar fazer algumas imagens que me pareça poderem, não mostrar tudo o que foi, mas algumas impressões que me ficaram.
Começo pelo casal do ano e por este inverno do nosso descontentamento.
29
Dez
10

O estado de saúde do país

No debate entre os Doutores, Defensor Moura e Fernando Nobre,  não mostrou concordancia nem na causa nem na cura para o mal que nos atinge mas ambos se mostraram estar de acordo sobre um dos virus que nos infecta, “Boliqueimius Cavacus”. Tentar irradicar este mal é urgente e para isso o unico tratamento que se conhece é ir votar,  não interessa em quem, para obrigar a uma segunda volta. Não vai curar o país, longe disso, mas será menos uma causa a agravar o estado do país.

29
Dez
10

A cacofonia dos mercados

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, alertou hoje para a “cacofonia de mensagens” e apelou aos líderes governamentais para falarem menos: “Apelo aos líderes políticos para estarem mais calados e deixarem os comentários para os comentadores, e perceberem que os mercados financeiros estão a ouvir”.

Sheeee… não façam barulho que incomodam os mercados. Calem-se os políticos que o poder económico quer passar sem ouvir queixas ou lamúrias. Obedeçam às ordens e calem-se que as criticas incomodam. Deixem para os comentadores do regime as explicações para convencer o povinho que este é o unico caminho e que o destino está traçado.
Claro que o nosso Silva de Boliqueime veio logo aplaudir, pelo que agora dizer mal dos mercados e do capitalismo passa a ser um acto contra a nação e contra o regime.
Não pensam que está mais que na hora de correr com esta cambada toda?

28
Dez
10

O dia do “dá cá o meu” dos acionistas da PT

Hoje vão ser pagos os dividendos aos acionistas da PT pela venda da VIVO. Normalmente  só seriam pagos no próximo ano, mas como o governo anunciou um aumento dos impostos nada como antecipar os lucros. O governo quando ouviu falar disto, gritou -Malandros, isto não pode ser, mas rapidamente se esqueceu e até o acionista Caixa Geral de Depósitos acabou por votar no “dá cá o meu”, enquanto, na Assembleia da República, o PS batia o pé para que nenhuma lei pudesse ser aprovada para o impedir.
São muitos, mas mesmo muitos milhões que alguns, poucos, vão embolsar enquanto para os outros ficam os sacrifícios para pagar a crise que a banca e a ganância capitalista criou. Só nós devemos pagar, só a nós nos pedem que contribuamos para salvar o país. Reduzem-nos os salários, mas não pedem às empresas, como por exemplo à EDP, que também contribua reduzindo os seus lucros para nos aliviar um pouco o peso da austeridade nas contas dos consumidores, antes pelo contrário, aumentam os preços em quatro e meio por cento.
O país está de rastos mas o que vemos é pedir a uns, aos que menos têm, que paguem para que os grandes grupos económicos possam continuar a endividar o país a seu belo prazer em busca de maiores lucros. Até quando vão calar a vossa indignação?




Indignados Lisboa
Dezembro 2010
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Blog Stats

  • 698,231 hits


%d bloggers like this: